Susanna Marchionni

Por que cidades inteligentes precisam ter soluções para levar segurança aos moradores?

Já pensou em morar em uma cidade segura, sem se preocupar com cercas elétricas, muros e portões? As cidades inteligentes são assim.

Por Susanna Marchionni
@susanna.marchionni
CEO no Brasil da Planet Smart City

 

Quando se ouve falar nas smart cities, os algoritmos da mente costumam conectar o termo a tecnologia. Faz sentido, pois são cidades que utilizam os recursos da tecnologia para melhorar a infraestrutura, otimizar a mobilidade urbana e criar soluções para os moradores e o seu entorno. Mas não apenas isso. Em uma smart city a segurança vem antes de tudo.

Não é de hoje que a insegurança é um dos maiores problemas do Brasil. Nas cidades inteligentes, a segurança se faz com tecnologia, integração da vizinhança, inclusão social, soluções urbanísticas, espaços compartilhados e ocupação das áreas públicas, gerando o sentimento de pertencimento ao lugar.

As cidades inteligentes, portanto, são ainda mais inovadoras quando o assunto é segurança. O seu planejamento urbano promove um ambiente equilibrado graças à distribuição harmoniosa das áreas residenciais, comerciais e serviços, assim há presença constante de pessoas em todos os horários. Assim a segurança aumenta naturalmente.

Além disso, os projetos incluem câmeras de videomonitoramento 24h em pontos estratégicos da cidade, que visam desestimular ações que ameacem a segurança do cidadão e a integridade dos bens comuns.

As imagens em tempo real podem ser acessadas por meio de um aplicativo que conecta a população. Esse app permite informar uma situação suspeita no grupo de moradores e enviar alerta de emergência com a geolocalização para alguns contatos cadastrados.

A primeira cidade inteligente do país – e a primeira inclusiva do mundo – implantada no Ceará, possui um aplicativo próprio – o Planet App, entre mais de 50 soluções inteligentes.

A Smart City Laguna fica no município de São Gonçalo do Amarante (55 Km de Fortaleza) e é projetada para abrigar 25 mil pessoas e atualmente conta com as primeiras 100 famílias morando.

Outro aspecto que chama a atenção, em Laguna, é a arquitetura dos bairros residenciais, que implanta o modelo “cul-de-sac” – expressão francesa que se refere a ruas com balões de retorno – recurso que funciona bem na Europa e deve auxiliar na segurança também no Brasil.

Os balões de retorno, afinal, reduzem o tráfego perto das residências, evitando o fluxo de desconhecidos e permitindo ver melhor quem está passando por ali.

Acredito que as cidades devem sempre estar a serviço dos cidadãos, e não o contrário. Por isso, defendo as cidades inteligentes como uma forma de melhorar a vida das pessoas.

Projeções da ONU indicam que a população mundial deve atingir 11 bilhões em 2050. Não por acaso, a criação das smart cities é um assunto que desperta cada vez mais o interesse das autoridades e da sociedade civil.

O crescimento populacional exige uma inteligência focada na estruturação dos centros urbanos, a fim de evitar ainda mais a desigualdade social, uma das principais causas da violência e da insegurança da população.

Nas cidades em que tecnologia e espaço físico estão integrados, cria-se constantemente o senso de pertencimento, o engajamento nas atividades locais e a ocupação das ruas e espaços de lazer. Com todos esses aspectos contemplados – e funcionando – os moradores, afinal, podem desfrutar de um estilo de vida mais humano, sustentável e seguro.

Sobre Susanna Marchionni:

Susanna Marchionni é a CEO da Planet Smart City no Brasil e cofundou a empresa em 2015, ao lado do CEO Global Giovanni Savio. Ela tem 25 anos de experiência no setor imobiliário e é a força motriz da empresa no Brasil, liderando a disseminação do conceito de cidade inteligente inclusiva no país. Susanna é responsável pela expansão da empresa no Brasil nos próximos anos.

Aeris Energy

Aeris Energy vai gerar mais de 700 empregos com inauguração de fábrica a 40km da Smart City Laguna, no Ceará

Aeris Energy

Aeris Energy vai gerar mais de 700 empregos com inauguração de fábrica a 40km da Smart City Laguna, no Ceará

Aeris Energy (indústria de pás eólicas)  inaugurou, no dia 09 de setembro, sua segunda fábrica no estado do Ceará, que vai gerar sozinha cerca de 700 empregos diretos e indiretos até dezembro de 2020.

A unidade está localizada cerca de 15 quilômetros do Porto do Pecém, considerada localização estratégica para o recebimento de matéria prima e exportação das pás.

Para os moradores do entorno, a empresa representa uma oportunidade para permanecer na região, sem necessidade de deslocamentos e/ou mudanças para a capital.

“Esse é mais um dia que ficará marcado em nossa história. Quanto orgulho e emoção por inaugurar nossa segunda planta produtiva. Além de aumentar nossa capacidade produtiva, vamos empregar milhares de pessoas e continuar fazendo a diferença em nossa região. Esse é o Poder do Movimento de mais de 5 mil protagonistas!”, disse Alexandre Negrão, CEO da Aeris Energy, em postagem no Instagram.

Localização

A instalação da segunda fábrica da Aeris Energy ocupa a estrutura onde antes ficava a fábrica da Wobben Windpower (Rodovia CE 422, Km 10, s/n). Fica a 15 km do Pecém e a 40km da Smart City Laguna, primeira cidade inteligente inclusiva do mundo.

Aeris Energy

Fundada em 2010, a Aeris Energy atende a demandas do mercado nacional e internacional e escolheu o Ceará pelo potencial eólico da região Nordeste e pelo apoio recebido do Governo do Estado.

compra digital

Tecnologia permite investir em imóveis por meio de compra digital

Susanna Marchionni

Por que cidades inteligentes precisam ter soluções para levar segurança aos moradores?

compra digital

Tecnologia permite investir em imóveis por meio de compra digital

Já pensou investir em um imóvel de qualquer parte do Brasil sem precisar se deslocar para bancos e cartórios? Graças a inovação digital, isso já é possível.

Assim como você pode investir em fundos da Bolsa de Valores de qualquer parte do mundo, agora você também pode realizar investimentos imobiliários com a jornada de compra completamente online.

Os processos de escolha de lote, simulação de pagamento e assinatura de contrato já acontecem de forma 100% digital.

Compra digital de lotes

Essa tecnologia também é utilizada pela Planet Smart City. A empresa, que possui escritório em Fortaleza, Ceará, fecha contratos diariamente com clientes de outros municípios, estados e países.

Segundo Edson Borba, diretor comercial da Planet Brasil, o processo digital veio para facilitar a vida do investidor imobiliário.

“Essa nova forma de adquirir um imóvel desburocratiza o processo de aquisição de lotes. Ficou muito mais cômodo para o cliente fazer tudo pelo celular, sem precisar ir ao cartório ou banco. Eliminamos as barreiras geográficas”, afirma.

O processo de compra de lotes residenciais e comerciais das cidades inteligentes da Planet funciona da seguinte forma: o cliente interessado em adquirir lotes para investimento ou construção deve acessar o site da cidade inteligente que deseja (clique aqui para conhecer) e realizar uma simulação de compra.

Para isso, basta selecionar etapa, tipo de lote, quadra, lote e condições de pagamento. Se decidir prosseguir com a compra, o interessado dá continuidade no processo com o envio da documentação, conclusão de pagamento da primeira parcela do bem adquirido e assinatura do contrato digital.

Durante todas as etapas, os consultores da Planet ficam disponíveis para tirar dúvidas e fornecer mais informações sobre os empreendimentos e questões burocráticas.

Para fazer uma simulação, clique aqui.

Projetos da Planet no Brasil

A Planet Smart City está construindo no Ceará a Smart City Laguna (330 hectares) e a Smart City Aquiraz (200 hectares). Outros dois projetos em execução no Brasil são a Smart City Natal (170 hectares), no Rio Grande do Norte, e o Viva!Smart (2.500 unidades), em São Paulo.

Sobre a Planet Smart City

A empresa proptech Planet Smart City projeta e constrói cidades e bairros inteligentes inclusivos, que fornecem mais do que apenas residências. Com presença global no mercado imobiliário a preços acessíveis, tanto em mercados emergentes quanto nos desenvolvidos, a Planet melhora a qualidade de vida de seus moradores, aplicando sua experiência em integração de soluções inteligentes, tecnologias digitais, serviços e inovação social.

casa verde e amarela

Entenda as diferenças entre o Minha Casa Minha vida e o Casa Verde e Amarela

Aeris Energy

Aeris Energy vai gerar mais de 700 empregos com inauguração de fábrica a 40km da Smart City Laguna, no Ceará

casa verde e amarela

Entenda as diferenças entre o Minha Casa Minha vida e o Casa Verde e Amarela

O governo lançou no dia 25/08 o programa de habitação Casa Verde e Amarela que vai substituir o o Minha Casa Minha Vida. O grande diferencial é a promessa de ser a menor taxa de juros de um programa habitacional.

De acordo com o Ministério do Desenvolvimento Regional, as Regiões Norte e Nordeste serão contempladas com a redução nas taxas em até 0,5 ponto percentual para famílias com renda de até R$ 2 mil mensais e 0,25 ponto para quem ganha entre R$ 2 mil e R$ 2,6 mil. Nessas localidades, os juros poderão chegar a 4,25% ao ano e, nas demais regiões, a 4,5% ao ano.

A diminuição de juros para financiamento significa uma menor prestação mensal para as famílias que queiram adquirir novos imóveis pelo programa.

Outro diferencial é que o Casa Verde e Amarela permitirá a renegociação de dívidas dos mutuários da faixa 1, de baixa renda, o que o Minha Casa Minha Vida não permitia.

Enquanto o Minha Casa Minha Vida dividia os beneficiários em 4 faixas de renda, no Casa Verde e Amarela eles estarão divididos em 3 grupos:

Grupo 1: Renda de até R$ 2 mil
Grupo 2: Renda de R$ 2 mil a R$ 4 mil
Grupo 3: Renda de 4 mil a R$ 7 mil

 

 

Fonte: Agência Brasil

Porto do Pecém

Com 330m, MSC Shuba B é o maior navio a atracar no Porto do Pecém

compra digital

Tecnologia permite investir em imóveis por meio de compra digital

Porto do Pecém

Com 330m, MSC Shuba B é o maior navio a atracar no Porto do Pecém

O conteineiro MSC Shuba B atracou no terminal cearense no último sábado (29) para carregar frutas frescas produzidas no nordeste brasileiro que estão sendo exportadas para o norte da Europa.

Um gigante de 330 metros de comprimento por 48 metros de largura prendeu a atenção de quem esteve no Porto do Pecém na manhã do dia 29.

Procedente do porto de Salvador, o MSC Shuba B atracou no berço 10 do TMUT (Terminal de Múltiplas Utilidades) pouco depois das 11h30 da manhã para fazer história: se tornar o maior navio a já ter atracado no Pecém, desde que o porto cearense foi oficialmente inaugurado em março de 2002.

Com capacidade para 12.238 TEUs (unidade equivalente a um contêiner de 20 pés), o navio veio ao Ceará pela primeira vez para cumprir a rota do serviço NWC, operado pela MSC (Mediterranean Shipping Company) para conectar o Brasil ao norte da Europa.

Raio-X do MSC Shuba B

Bandeira: Portugal
Ano de Construção: 2017
Comprimento total (LOA): 330 metros
Largura (Boca): 48,2 metros
Capacidade: 12.238 TEUs
Tonelagem Bruta: 113112

A operação total do Shuba B no Pecém durou quase 24 horas, por isso o navio desatracou do porto cearense somente na madrugada do domingo (30) em direção, principalmente, a portos localizados no norte da Europa.

O primeiro deles será o porto de Roterdã, onde o navio deve chegar até o dia 10 do próximo mês. Do porto holandês o Shuba B cumprirá o restante do serviço NWC para os seguintes portos da Europa: Londres/Inglaterra (14 dias); Bremerhaven/Alemanha (16 dias); Hamburgo/Alemanha (18 dias); Antuérpia/Bélgica (20 dias); Le Havre/França (22 dias); e Sines/Portugal (25 dias).

Fonte e foto: Complexo Portuário do Pecém 

Planet Smart City é parceira de curso de ilustração digital para jovens de São Gonçalo do Amarante

casa verde e amarela

Entenda as diferenças entre o Minha Casa Minha vida e o Casa Verde e Amarela

Planet Smart City é parceira de curso de ilustração digital para jovens de São Gonçalo do Amarante

De março a agosto, 12 jovens de São Gonçalo do Amarante (CE) participaram gratuitamente do curso “Empreendendo a Arte Digital – Criando oportunidades para a vida”, uma realização da Alkance Soluções, por meio do Edital SEBRAE/CE de Economia Criativa, em parceria com o Instituto Planet e a Smart City Laguna, primeira cidade inteligente inclusiva do mundo, que está sendo construída pela Planet Smart City.

Os participantes inicialmente tiveram aulas presenciais em março e em virtude da pandemia passaram a fazer o curso virtualmente até agosto. Em uma carga horária de 40 horas, eles aprenderam técnicas de ilustração digital para iniciantes, como usar o InkScape – programa de desenho vetorial para criar ilustrações – e como colocar em prática o processo de planejamento de uma ilustração do zero, desde a conceitualização até a finalização.

“Nós do Instituto Planet Smart City estamos muito felizes com essa parceria, pois acreditamos muito no poder da inclusão social e digital para o empoderamento das pessoas. Aqui na Smart City Laguna, o Instituto já realiza gratuitamente cursos de inglês, empreendedorismo, informática e artesanato, tanto para os moradores como para o público da região. E o resultado foi sensacional, com belíssimos trabalhos dos nossos jovens”, destaca Susanna Marchionni, presidente do Instituto Planet e CEO no Brasil da Planet Smart City.

Para Cardoso Júnior, criador do curso e também artista plástico, designer e ilustrador, a formação permitirá aos jovens da região uma melhor colocação no mercado de trabalho, bem como a geração de renda por meio da prestação de serviços para moradores e empreendedores locais. “O curso buscou estimular o potencial criativo dos participantes, fazendo com que eles compreendessem que os resultados vêm por meio do esforço e da prática dos conhecimentos adquiridos, que tanto poderão possibilitar seu ingresso no mercado de trabalho, como lhe darão capacidade para se expressar artisticamente. Foram ministradas também noções básicas de empreendedorismo e apresentadas plataformas online de comercialização de trabalhos.”

Exposição e votação

As obras criadas pelos jovens estão expostas no Hub de Inovação da Smart City Laguna até o dia 25 de setembro e também podem ser visualizadas online no site: https://info.planetsmartcity.com.br/exposicao-arte-digital, onde os visitantes poderão votar na sua ilustração favorita. O resultado da melhor Ilustração Digital será divulgado em 26 de setembro.

Selic a 2%: por que esse é o cenário ideal para investir em imóveis?

Porto do Pecém

Com 330m, MSC Shuba B é o maior navio a atracar no Porto do Pecém

Selic a 2%: por que esse é o cenário ideal para investir em imóveis?

 

O Banco Central cortou a Selic pela 9ª vez consecutiva, de 2,25% para 2% ao ano.

Esse é o menor patamar histórico da taxa básica de juros.

 

O que isso significa? Por que esse é o cenário ideal para investir em imóveis?

É sobre isso que vamos falar a seguir.

 

O que é Selic?

O nome da taxa Selic vem da sigla do Sistema Especial de Liquidação e de Custódia. É a taxa básica de juros da economia. O principal instrumento de política monetária utilizado pelo Banco Central (BC) para controlar a inflação.

A Selic influencia todas as taxas de juros do país, como as taxas de juros dos empréstimos, dos financiamentos e das aplicações financeiras.

 

Como a Selic funciona?

Aumentar a taxa básica de juros é a alternativa do governo para frear a inflação. Isso influencia na redução de consumo, com isso, o mercado diminui os preços para não comprometer as vendas. Já a redução da Selic impulsiona o consumo e aquece a economia.

 

Como a Selic influencia na compra de imóveis?

A atual redução da taxa de juros está estimulando o mercado imobiliário com a redução das taxas de financiamento para aquisição de imóveis.

Além disso, o atual cenário econômico está movimentando o mercado financeiro. Investidores de ações estão migrando para o setor imobiliário, já que os fundos tradicionais, como a poupança e a renda fixa, não estão rendendo bons lucros.

Com a redução da taxa, é mais proveitoso aplicar o dinheiro do que deixá-lo parado nos bancos, rendendo à uma taxa baixa; e mais seguro do que arriscar na oscilação da Bolsa.

 

Esse é o momento certo de investir em imóveis?

Por se tratar de uma redução recente, esse é melhor momento para investir em imóveis. A redução da Selic vai influenciar diretamente no aumento da procura por imóveis. Isso pode alavancar uma possível valorização do preço.

Portanto, se você procura uma boa oportunidade de compra e pretende aproveitar a recente queda nos preços, o momento atual é extremamente favorável.

 

Em quais tipos de imóveis investir?

Quando falamos em imóveis, muitas pessoas já imaginam na compra de casas e apartamentos para alugar.

Porém, existem outras opções que podem ser uma excelente oportunidade de investimento imobiliário. Como, por exemplo, terrenos.

Terrenos costumam valorizar de maneira rápida. Eles podem ser vendidos por valores bem maiores do que quando foram adquiridos.

Se você tem curiosidade em saber mais sobre aquisição de terrenos, nós podemos te ajudar.

Conheça os lotes residenciais e comerciais das cidades inteligentes inclusivas construídas pela Planet Smart City.

Os empreendimentos possuem infraestrutura completa de alta padrão e estão localizados no Nordeste brasileiro. São dois projetos no Ceará e um no Rio Grande do Norte.

Conheça:

Smart City Natal (RN) (CLIQUE AQUI para conhecer)
 

Smart City Laguna (CE) (CLIQUE AQUI para conhecer)

 

Smart City Aquiraz (CE) (CLIQUE AQUI para conhecer)

 

Sobre a Planet Smart City

A empresa proptech Planet Smart City projeta e constrói cidades e bairros inteligentes inclusivos, que fornecem mais do que apenas residências.

Com presença global no mercado imobiliário a preços acessíveis, tanto em mercados emergentes quanto nos desenvolvidos, a Planet melhora a qualidade de vida de seus moradores, aplicando sua experiência em integração de soluções inteligentes, tecnologias digitais, serviços e inovação social.

11 milhões de famílias brasileiras têm intenção de comprar imóvel

Planet Smart City é parceira de curso de ilustração digital para jovens de São Gonçalo do Amarante

11 milhões de famílias brasileiras têm intenção de comprar imóvel

Os últimos dados do Datastore Series, empresa que realiza pesquisas de mercado com abrangência nacional para o setor imobiliário, revelam a maior recuperação que o mercado imobiliário já expressou nos últimos anos.

Segundo levantamento de julho de 2020, cerca de 11 milhões de famílias brasileiras têm intenção de comprar casa própria.

 

>> Conheça os modelos de casas à venda na Smart City Laguna (Ceará)

 

As conclusões da pesquisa da Datastore sobre o mercado imobiliário em nível Brasil foram que:

  • 11 milhões de famílias têm intenção de compra
  • 5,5 milhões de famílias querem comprar em até 12 meses
  • Crescimento da intenção de junho para julho foi de 1,43 milhão de famílias em 30 dias
  • 21,80% dos brasileiros de todas as rendas possuem intenção de compras por imóveis para os próximos 24 meses
  • O Nordeste registrou um aumento das intenções de compras: 28% para 24 e 32% 36 meses.
  • O Nordeste teve queda de 5% nas desistências de compra

 

>> Conheça os modelos de casas à venda na Smart City Natal

 

Se você é investidor, aproveite essa alta demanda e invista nas cidades inteligentes construídas pela Planet Smart City.

Adquira seu lote residencial em um empreendimento com infraestrutura completa.

Para conhecer nossas cidades inteligentes, clique aqui.

 

Fonte da pesquisa: DataStore

Smart City Aquiraz: Planet investe US$ 40 milhões em nova cidade inteligente no Ceará

Selic a 2%: por que esse é o cenário ideal para investir em imóveis?

Featured post

Smart City Aquiraz: Planet investe US$ 40 milhões em nova cidade inteligente no Ceará

Quarto projeto inteligente da Planet no país, smart city no Ceará está
localizada próxima ao Beach Park e é planejada para 18 mil pessoas

Com o conceito “Viver Além de Morar”, a Planet Smart City – líder global em cidades inteligentes inclusivas – está construindo em Aquiraz, na região metropolitana de Fortaleza (CE), o seu quarto projeto inteligente no Brasil: a Smart City Aquiraz.

Planejada em uma área de 200 hectares e voltada para 18 mil pessoas, a cidade inteligente inclusiva possuirá mais de 50 soluções inteligentes nas áreas de tecnologia, meio ambiente, inovação social e planejamento e arquitetura.

Financiada com recursos próprios, a Planet investirá ao todo 40 milhões de dólares na Smart City Aquiraz.

“Estamos transformando a forma de morar no mundo com a oferta de residências a preços acessíveis. O Brasil está entre os cinco países com maior déficit habitacional em todo o mundo e estamos muito satisfeitos em oferecer um novo conceito de morar, com inovação social, tecnologia, serviços e práticas sustentáveis. O nosso conceito já é sucesso no Brasil e estamos acelerando o crescimento aqui”, explica Susanna Marchionni, CEO da Planet no Brasil.

A Smart City Aquiraz apresenta um novo jeito de viver desenvolvido pela Planet: conectado, sustentável e colaborativo para oferecer mais qualidade de vida às pessoas.

Com lotes a partir de R$ 499 mensais, a Smart City Aquiraz está prevista para ser finalizada até 2023 e já possui a primeira etapa entregue (44 hectares).

A cidade inteligente é aberta e terá cerca de 5 mil lotes, entre residenciais e comerciais. As primeiras casas serão concluídas neste segundo semestre e a previsão é que até o final do ano receba os primeiros moradores.

Para mais informações sobre a Smart City Aquiraz acesse: https://www.planetsmartcity.com.br/smart-city-aquiraz-chegando/

 

Localização da Smart City Aquiraz

Com localização privilegiada no litoral leste do Ceará, a Smart City Aquiraz está na rodovia CE-040, Km 36, distante apenas 20 minutos de carro da capital Fortaleza e a 25 minutos do Beach Park, o maior parque aquático da América Latina. Além do Beach Park, a Smart City Aquiraz está próxima de equipamentos turísticos como o Centro das Rendeiras, Engenhoca Parque, Tapioqueiras e Centro Histórico.

O município de Aquiraz possui 36 km de belas praias, como Porto das Dunas, Prainha, Presídio, Iguape, Barro Preto, Batoque e Praia Bela e é considerado o segundo maior parque hoteleiro do Ceará, segundo dados da Secretaria Estadual do Turismo. A Smart City Aquiraz fica a 20 minutos do mar, em deslocamento de carro.

 

Diferenciais

A Smart City Aquiraz terá mais de 50 soluções inteligentes pensadas para proporcionar mais sustentabilidade, economia, conforto e qualidade de vida, como iluminação pública inteligente, piso intertravado, hortas urbanas, áreas verdes, um moderno Hub de Inovação de 1.000m² de área construída, mix funcional, bicicletas compartilhadas, área lounge, espaço para coworking, aplicativo gratuito (Planet App), videomonitoramento do Hub e das entradas da cidade, sistema de controle da qualidade do ar, ponto de ônibus inteligente, cinema gratuito, biblioteca de livros, ateliê de costura, cozinha compartilhada, espaço saúde, biblioteca de objetos, entre outros.

Entre as soluções inteligentes pensadas para o esporte e lazer, haverá ao entorno da lagoa dois decks com churrasqueira e banheiros e uma área esportiva com campo de futebol society, quadra poliesportiva, quadra para beach tênis, playground, academia ao ar livre e percurso fitness.

 

Aplicativo gratuito do bairro

O Planet App, desenvolvido pela própria Planet Smart City, é o painel de controle de todas as cidades inteligentes inclusivas construídas pela empresa. Aqui no Brasil, o aplicativo já é utilizado pelos moradores da Smart City Laguna (Ceará).

Com o aplicativo é possível monitorar a casa, controlar o consumo de água e energia, consultar a qualidade do ar, acompanhar as notícias da cidade, o andamento da obra em tempo real e ainda ter acesso aos diferentes serviços digitais da cidade. O Planet App pode ser baixado, gratuitamente, nas versões Android e iOS.

O aplicativo promove também a economia compartilhada, barateando a vida na cidade, reduzindo o desperdício, otimizando tempo e recursos, como por exemplo, caronas compartilhadas, oferta ou troca de serviços e vendas de coisas usadas.

 

Projetos da Planet no Brasil

Além da Smart City Aquiraz, a Planet Smart City está construindo no Ceará a Smart City Laguna (330 hectares), em São Gonçalo do Amarante, a primeira cidade inteligente inclusiva do mundo. A primeira etapa de Laguna foi entregue em 2018 e já possui os primeiros moradores.

Os outros dois projetos em execução no Brasil são a Smart City Natal (170 hectares), que foi lançada em 2019 no Rio Grande do Norte e é planejada para 15 mil pessoas, e o Viva!Smart, que será lançado este semestre em São Paulo e é composto por quatro atraentes empreendimentos, totalizando 2.500 apartamentos, em Bela Vista, Itaquera, Jabaquara e Freguesia do Ó.

 

 

Município de São Gonçalo do Amarante (CE) terá complexo educacional

11 milhões de famílias brasileiras têm intenção de comprar imóvel

Município de São Gonçalo do Amarante (CE) terá complexo educacional

O município de São Gonçalo do Amarante sediará o primeiro complexo educacional a ser construído no Ceará. Aproximadamente mil estudantes da região serão beneficiados com o equipamento público.

O complexo contará com nova escola de ensino fundamental e novo centro de educação infantil, quadras esportivas, campos de futebol (society e de areia), piscina semiolímpica, anfiteatro, centro de formação de professores, além de abrigar todos os setores logísticos (incluindo garagem para ônibus escolares) e administrativos da Secretaria Municipal de Educação.

A nova escola de ensino fundamental contará com 25 salas, cada uma delas tendo capacidade para 35 alunos, totalizando 875 alunos. Já o centro de educação infantil terá 6 salas de aula, com capacidade para 20 alunos cada, totalizando 120 alunos.

 

O complexo educacional de São Gonçalo do Amarante contemplará alunos de toda a região, incluindo crianças e adolescentes da Smart City Laguna, que fica a 20 minutos da sede do município.

Além do novo equipamento educacional, São Gonçalo do Amarante sedia outras 22 escolas de ensino fundamental e 5 escolas de ensino médio. Além de centros educacionais privados.

Para saber mais informações sobre a primeira cidade inteligente inclusiva do mundo, clique aqui.

Fonte: SGA Notícias

Ampliação da ZPE deve receber primeiras indústrias esse ano

Smart City Aquiraz: Planet investe US$ 40 milhões em nova cidade inteligente no Ceará