Cidades inteligentes no Ceará

Cidades inteligentes no Ceará

As cidades cidades inteligentes se tornaram indispensáveis para otimizar a utilização de
recursos naturais e o consumo de energia, reduzir a produção de poluentes e
proporcionar aos cidadãos serviços eficientes, já que uma cidade inteligente tem como
objetivo alcançar sustentabilidade, segurança e qualidade de vida, reduzindo os custos
de quem mora nela. Neste artigo, vamos apresentar duas cidades inteligentes no Ceará que estão se
tornando realidade dentro do estado.

 

Smart City Laguna

A primeira cidade inteligente inclusiva do mundo foi projetada para abrigar 25
mil pessoas. O projeto da Smart City Laguna foi desenvolvido priorizando a
sustentabilidade e a qualidade de vida dos cidadãos, fazendo uso de tecnologias
inteligentes que auxiliarão nos processos cotidianos dos moradores.
Outro fator importante para o desenvolvimento do projeto é a necessidade de
se criar uma cidade que esteja ao alcance de todos. A Smart City Laguna ocupa uma
área de 330 hectares em São Gonçalo do Amarante (CE), a apenas 55 km de distância
da capital Fortaleza e a 20 minutos das mais belas praias cearenses.
A escolha do local também foi estratégica para a criação de uma cidade
inteligente, já que ela se situa próxima à região do Porto do Pecém e ao Cinturão
Digital, que proporcionará acesso à internet com maior facilidade e qualidade. A
primeira etapa da obra foi finalizada em 2018, o que permitiu a chegada dos primeiros
moradores. As obras de construção da Smart City Laguna estão previstas para finalizar
em dezembro de 2021.

 

Smart City Aquiraz

É uma cidade inteligente planejada que ocupará uma área de 200 hectares em
Aquiraz, município que fica no litoral leste do Ceará. O projeto foi desenvolvido com o
intuito de criar uma cidade conectada, sustentável e colaborativa para oferecer mais
qualidade de vida aos moradores. A cidade está a apenas 6 km de distância do mar, a
35 km do Centro da capital Fortaleza e a 16 km do Beach Park, parque aquático
considerado o maior da América Latina. A Smart City Aquiraz abrigará cerca de 18 mil
moradores e o início das vendas das casas está prevista para o primeiro semestre de
2020.

Conheça o AIRPod, o carro ecológico movido a ar

Conheça o AIRPod, o carro ecológico movido a ar

Banco Central corta Selic para 4,25%

Banco Central corta Selic para 4,25%

enzima-plastico-cientista

Cientistas criam enzima capaz de quebrar garrafas de plástico

Por acidente, cientistas criaram uma enzima mutante que quebra as garrafas de plástico. A inovação pode ajudar a resolver a crise global de poluição plástica, permitindo pela primeira vez a reciclagem total de garrafas. A descoberta de uma bactéria que evoluiu naturalmente para se tornar capaz de comer plástico, realizada em 2016 no Japão, foi o que serviu de estímulo para que os cientistas iniciassem as pesquisas.

A pesquisa aprimorou a enzima presente na bactéria para ver como ela evoluiu e os testes mostraram que eles foram capazes de tornar a molécula ainda melhor na quebra do plástico PET (tereftalato de polietileno) usado em garrafas de refrigerante. “O que realmente aconteceu foi que melhoramos a enzima, o que foi um choque”, disse o professor John McGeehan, da Universidade de Portsmouth, Reino Unido, que liderou a pesquisa. “É ótima e uma descoberta real.”

A enzima mutante leva alguns dias para começar a decompor o plástico – muito mais rápido do que os séculos nos oceanos. Os pesquisadores estão otimistas de que isso pode ser acelerado ainda mais e se tornar um processo viável em larga escala.

“O que esperamos fazer é usar essa enzima para transformar esse plástico em seus componentes originais, para que possamos literalmente reciclá-lo para que vire plástico de novo”, disse McGeehan. “Isso significa que não precisaremos desenterrar mais petróleo e, fundamentalmente, deve reduzir a quantidade de plástico no ambiente”. A nova enzima indica uma maneira de reciclar garrafas de plástico transparentes de volta para garrafas de plástico transparentes, o que poderia reduzir a necessidade de produzir novo plástico.

A estrutura da enzima parecia muito semelhante à desenvolvida por muitas bactérias para quebrar a cutina, um polímero natural usado como revestimento protetor pelas plantas. Mas quando a equipe manipulou a enzima para explorar essa conexão, eles acidentalmente melhoraram sua capacidade de comer PET.

economia-Ceara

Ceará desbanca polos nacionais e registra segunda maior produção industrial do País

Torneira gera eletricidade através do movimento da água

Torneira gera eletricidade através do movimento da água

economia-Ceara

Ceará desbanca polos nacionais e registra segunda maior produção industrial do País

Enquanto a indústria nacional e do Nordeste derrapam, a do Ceará parece estar de vento em popa. De acordo com a Pesquisa Industrial Mensal – Produção Física Regional do IBGE, o Estado apresentou o segundo melhor resultado do País no mês de novembro de 2019 em comparação com o mês anterior (outubro).

A alta foi de 3,4%. Ficou atrás apenas do Rio de Janeiro, com 3,7%. Desbancou as duas economias mais pujantes do Nordeste, Bahia e Pernambuco, que apresentaram retração de 3,5% e 4,1% respectivamente.

Ampliando a margem comparativa, o Ceará ainda permanece na frente. No cruzamento dos meses de novembro (2019 x 2018), lidera com folga de 3%. Bahia caiu 2,2%, enquanto Pernambuco despencou 1,6%.

Seguindo com a mesma base de comparação, a indústria cearense aumentou a fabricação de produtos químicos em 38,6%. Na sequência aparece o segmento de fabricação de produtos de metal, exceto máquinas e equipamentos (35,4%). Outro destaque foi o subsetor de confecção de artigos do vestuário e acessórios, com alta de 26,9%. Para completar o ranking, a indústria de bebidas aumentou sua produção em 14,1%.

Produção nacional

A produção nacional registrou queda de 1,2% no mês de novembro. Ampliando para o comparativo dos meses (2019 x 2018), despenca para 1,7%. Já o Nordeste, caiu menos: 1% em novembro e 1,1% na base comparativa mensal.

Fonte: Focus.

pas-eolicas

Empresas confirmam mais de R$ 9 bilhões em investimentos para iniciar o ano no Ceará

enzima-plastico-cientista

Cientistas criam enzima capaz de quebrar garrafas de plástico

pas-eolicas

Empresas confirmam mais de R$ 9 bilhões em investimentos para iniciar o ano no Ceará

Apesar de ritmo ainda lento para a retomada da economia brasileira, o Ceará começa 2020 com mais de R$ 9,02 bilhões em investimentos privados já confirmados para este ano. Indústria, construção civil, energias renováveis, infraestrutura e saúde são alguns setores que devem impulsionar a expansão ou atração de novas empresas e, consequentemente, geração de empregos no mercado de trabalho cearense.

Somente o segmento de energias renováveis deve representar maior parcela do aporte garantido para impulsionar a economia cearense nos próximos anos. Com os projetos eólicos, solares e linhões de infraestrutura, frutos de leilões realizados em anos anteriores, devem ser aplicados R$ 7,9 bilhões, incluindo o mercado livre.

De acordo com Jurandir Picanço, presidente da Câmara Setorial de Energias Renováveis, alguns projetos já entraram em andamento neste início de ano e outros têm prazo de execução até 2024. Dentre os municípios estão Fortim, Milagres, Limoeiro do Norte, Caucaia, Lavras e Trairi.

E, apesar de incertezas em relação ao novo marco da geração distribuída no Brasil (quando o consumidor produz sua própria energia) – já que novas regras estão em discussão pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) -, este é um segmento que deve continuar em expansão no Estado.

O Complexo Portuário do Pecém (Cipp), por exemplo, pretende investir R$ 450 mil em placas solares para gerar energia para abastecer o prédio comercial, o bloco de utilidade de serviços e o carregamento de carros elétricos. A Universidade Federal do Ceará e Instituto Federal do Ceará (IFCE) também possuem iniciativas nesta área.

Novas operações

Dentre as novas operações já confirmadas, está a chegada da Klabin, a maior produtora e exportadora de papéis para embalagens do Brasil, com uma fábrica de caixa de papelão ondulado em Horizonte (CE). Em setembro do ano passado, a empresa anunciou que R$ 48 milhões já foram aprovados pelo Conselho para primeira fase de investimentos.

Na saúde, é a instalação do primeiro centro de distribuição da Prati-Donaduzzi, maior produtora de medicamentos genéricos do Brasil, no município do Eusébio, que tem gerado boas expectativas de negócios no setor neste início de ano. A inauguração de um centro no Ceará faz parte da estratégia de expansão do grupo que pretende até 2022 produzir 17 bilhões de doses terapêuticas por ano.

Anunciado pelo Governo do Estado há três anos, o Polo Químico de Guaiúba também deve começar a receber as suas primeiras seis indústrias neste ano. São estas: Wana Química Ltda; Intrapack Indústria e Comércio de Plástico Ltda; Indústria de Móveis CB Ltda.; Fortfix; SL Plast e a Forpack Indústria de Embalagens Ltda.

De acordo com o presidente do Sindiquímica, Marcos Soares, somados, os investimentos devem girar em torno de R$ 40 milhões. Outras 12 empresas estão previstas para 2021. “Estamos só esperando fazer a ligação da energia para as empresas iniciarem as obras. Algumas já iniciam a operação ainda neste primeiro semestre”.

Além disso, a fábrica de cimento Votorantim, instalada há mais de dez anos no Pecém, também anunciou R$ 200 milhões em expansão no local, que teve o ponto de partida ainda em 2019 e segue ao longo deste ano. A previsão é que a empresa aumente a produção em até 800 mil toneladas por ano e a expectativa é que novos empregos sejam gerados na região.

Há também o saldo das obras de modernização do Aeroporto Internacional Pinto Martins, em Fortaleza, que não entraram no cálculo dos investimentos. De acordo com a Fraport, até 2020 devem fechar R$ 1 bilhão. A aplicação iniciou em 2018, com a expansão do terminal.

Ainda há 5% de obras restantes para novos banheiros no desembarque doméstico, controle de passaporte eletrônico no canal internacional de entrada e saída do País e novo local para o desembarque internacional, no mesmo piso do atual. Mais 200 vagas serão disponibilizadas no estacionamento; e a pista de pouso e decolagem será ampliada em 210 metros. A empresa não divulgou quando já foi aplicado.

Na Construção Civil, a empresa italiana Planet Smart City anunciou investimento de US$ 40 milhões para a criação de uma cidade inteligente em Aquiraz. O empreendimento deverá ser inaugurado neste ano.

PIB

O Produto Interno Bruto (PIB) estadual para 2020, projetado pelo Ipece, é de 2,38%.

Fonte: O Povo

aeroporto-fortaleza

Parcerias com países reforçam estratégia do Ceará

economia-Ceara

Ceará desbanca polos nacionais e registra segunda maior produção industrial do País

aeroporto-fortaleza

Parcerias com países reforçam estratégia do Ceará

Estados Unidos, China, França, Portugal, Itália, Alemanha, Singapura, Áustria, Bélgica, Dinamarca, Luxemburgo, Nicarágua e Vietnã foram países que conheceram, em 2019, as potencialidades do Ceará, seja através de missões oficiais do Governo ou de visitas diplomáticas desses países ao Estado. Consolidando-se como um ponto estratégico no Brasil de entrada e saída para o mundo, o Ceará vem buscando novos parceiros nos diversos continentes para impulsionar áreas de seu desenvolvimento social e econômico.

O processo de internacionalização da economia do Ceará já é uma realidade. O governador Camilo Santana capitaneou importantes projetos de origem internacional que estão em pleno de desenvolvimento, tais como a Trinca de Hubs – o hub de conexões aéreas da Air France-KLM-Gol; o hub tecnológico com uma central de cabo de dados liderada pela multinacional Angola Cables passando pelo Ceará; e o hub portuário, com a entrada da Port of Rotterdam como acionista no Porto do Pecém. Além disso, atuando também de forma transversal com as demais secretarias e órgãos estaduais, a Assessoria para Assuntos Internacionais do Governo do Ceará, vem estimulando cada vez mais o relacionamento com parceiros estratégicos nos países visando a geração de novas oportunidades, que possam agregar experiências de sucesso ao Ceará.

De acordo com o secretário para Assuntos Internacionais do Governo do Ceará, Cesar Ribeiro, em 2019, várias portas foram abertas ao Estado, tendo à frente o governador Camilo Santana mostrando porque o Ceará é um local estratégico para receber investimentos e parcerias internacionais. “Quando o Ceará se lança ao mundo para mostrar seu potencial, fortalece suas relações internacionais e suas conexões com governos, pessoas e instituições e estamos fazendo muito mais do que diplomacia e prospecção de investimentos, estamos também trocando experiências e buscando aprender com situações exitosas. Temos a oportunidade de conhecer o que melhor se pratica no mundo na área da inovação tecnológica, educação, saúde, segurança pública, pesquisa, gestão. E essa troca traz muitos resultados positivos”, destacou Ribeiro.

Em 2019, o Governo do Ceará realizou missões aos Estados Unidos, Portugal, China, Cingapura, Espanha, Alemanha, França e Itália. Nessas missões destacam-se ações nas áreas da educação; infraestrutura; saúde; segurança pública; atração de investimentos; gestão, entre outras. Em contrapartida, o Governo do Ceará recebeu visita de embaixadores da Áustria, Bélgica, China, Dinamarca, Itália, Luxemburgo, Nicarágua e Vietnã, além de cônsules da Argentina, Cuba, França e Estados Unidos.

Em âmbito local, o Governo do Ceará promoveu uma aproximação com a Sociedade Consular, formada por representações de 24 consulados honorários dos países Alemanha, Áustria, Bélgica, Belize, Cabo Verde, Chile, Colômbia, Dinamarca, Espanha, Estados Unidos, Equador, Finlândia, França, Holanda, Hungria, Itália, México, Noruega, Peru, Portugal, República Tcheca, Suécia, Suíça e Uruguai.

Segurança pública: experiência positiva do Ceará em destaque em Harvard

Na área da segurança pública, o destaque ficou por conta da participação do governador Camilo Santana na Brazil Conference at Harvard & MIT, nos Estados Unidos, em abril de 2019, quando participou da sessão “+Segurança: estratégias para superação da criminalidade”, apresentando o trabalho realizado no Estado para redução dos índices de criminalidade. Além disso, em setembro, na Alemanha, o Governador visitou as empresas Airbus e Magirus-Deutz. O Governo do Ceará comprou três viaturas do tipo Autoescada Mecânica Magirus para reforçar a atuação dos Bombeiros. Já com a Airbus, negocia a compra de mais dois helicópteros modelo Airbus Helicopters Deutschland H135 Helionix da empresa Airbus Helicopters.

Na China, em abril, o governador conheceu tecnologias de monitoramento de segurança nas empresas Dahua e Huawei, líderes no mundo em tecnologia de equipamentos de segurança.

Gestão: governo digital

Na área da gestão, o destaque são as ações visando o Governo Digital. O assunto foi tratado pelo governador Camilo Santana durante visita do embaixador da Dinamarca, Nicolai Prytz, ao Ceará. A Dinamarca há muitos anos já adotou o Governo Digital e é interesse deste país trocar experiências com o Ceará sobre esse assunto. De acordo com o secretário Cesar Ribeiro, a Assessoria já vem atuando visando essa troca, com ações previstas para o decorrer de 2020.

Fonte: Governo do Ceará

pescado-potiguar

Empresários chineses visitam o Rio Grande do Norte com interesse no pescado

pas-eolicas

Empresas confirmam mais de R$ 9 bilhões em investimentos para iniciar o ano no Ceará

economia-pecem

Ceará está apto para iniciar processo de retomada da economia

Com uma perspectiva de crescimento de 1,59% do Produto Interno Bruto (PIB) em 2019, e de 2,38% em 2020, o grande desafio para o Ceará este ano será o aumento da produtividade local. Mas encontra-se apto para a retomada do crescimento econômico, juntamente com o País.

“O Ceará está pronto para ‘startar’, junto com o Brasil, uma nova etapa que é a recuperação econômica. Estamos fazendo nosso dever de casa”, assegura o secretário estadual Maia Júnior (Desenvolvimento Econômico e Trabalho). “A rede de universidades, o ecossistema de inovação e tecnologia, um Governo mais transparente, a segurança jurídica, a boa governabilidade, a questão fiscal, isso tudo é condição para que o Ceará possa realmente dar um salto na economia a partir desse momento de recuperação da economia no País”, avalia.

De acordo com o secretário, uma maior produção tornaria o Estado mais competitivo ante os demais federados do Brasil e até mesmo outros países. “O grande desafio do Ceará é aumentar a sua produtividade. Mas não é só do Ceará, é do Brasil todo. Nós temos uma produtividade, em relação aos grandes mercados – como Estados Unidos e Europa – muito baixa. Então, nós estamos procurando trabalhar no processo de inovação com as empresas, em parceria com o Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas) e com a Fiec (Federação das Indústrias do Estado do Ceará)”, afirma Maia.

Ele ainda ressalta as aberturas de mercados que têm sido firmadas com o Brasil e que podem acabar sendo uma dificuldade em vez de uma oportunidade de expansão, caso essa produtividade e a competitividade não sejam melhoradas. “Estamos mostrando a necessidade de aumentar a produtividade local sobretudo com as aberturas de mercado da comunidade europeia, da China, e com a redução de taxas de importação. Isso vai forçar as empresas a acelerar o processo de modernização e, porque, se não, não vão competir. As empresas de fora é que vão fornecer aqui, e as empresas locais não vão fornecer aqui nem fora”, dispara.

Infraestrutura

Apesar da ainda baixa produtividade, com a trinca de hubs, o Ceará possui a infraestrutura mais competitiva do Nordeste, segundo Maia Júnior. “Não tem nenhum Estado (do Nordeste) melhor que nós. Na estrutura de capital humano, temos dado repasses bem largos na nossa Educação. Um terço das nossas escolas, hoje, são de tempo integral”. Além da rede de escolas profissionais, ele ainda ressalta outros pontos importantes para a atratividade do Estado.

Segurança jurídica

Um dos fatores determinantes na atração de investimentos, a segurança jurídica do Ceará tem sido reconhecida e é uma das melhores do Brasil, conforme aponta Maia Júnior. De acordo com ele, todos os compromissos assumidos em um protocolo de intenção com o empresariado são cumpridos. “Isso é extremamente importante, porque tem estados que não cumprem. Se a gente se compromete a fazer infraestrutura, a gente faz; se a gente se compromete a dar incentivos, a gente dá”, diz.

Ele aponta a continuidade da estabilidade fiscal como uma das motivações da nova reforma da Previdência estadual, aprovada neste mês, na Assembleia Legislativa. “Aperfeiçoamos o processo de Previdência do Estado em 2016, em 2018 e agora estamos fazendo de novo. Isso, para o empresário, é segurança de que o Estado vai ter estabilidade fiscal e, consequentemente, faz com que o Estado cumpra os compromissos”, justifica.

Internacionalização

O secretário de Relações Internacionais do Estado, César Ribeiro, também prevê um cenário promissor para o Ceará em 2020. Ele lembra que o termo de cooperação com a China, assinado em abril, deve ser ampliado. “Jovens de uma escola pública em Barbalha já fizeram intercâmbio e queremos trazer os chineses para cá no começo do ano. Com a ampliação do projeto, queremos colocar nossos alunos para fazer intercâmbio voltado para o futebol”, ressalta.

Ribeiro sinaliza que o Governo do Estado busca firmar cooperação com a Dinamarca – país referência em governo digital – para alavancar esse aspecto. “O governador quer entregar a administração como o maior governo digital do Brasil. Começamos esse trabalho com a Dinamarca para termos a cooperação. Já estamos bem avançados com várias plataformas”, afirma.

Prioridades para o turismo

O fortalecimento da malha aérea e a atração de novos investimentos para o Ceará continuam sendo prioridades para o turismo no Estado, em 2020. Além disso, parcerias e divulgação de destinos também despontam como ações importantes para o desenvolvimento do setor. Segundo Alexandre Pereira, secretário do Turismo de Fortaleza (Setfor), o próximo ano já começa com a parceria entre a Capital cearense e Natal (RN).

“Duas capitais vendendo seus roteiros juntas. O ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, ficou superempolgado com a ideia e já pensa em fazer isso em outras regiões do País. Isso tudo com a roteirização diferenciada. Estamos montando todo o produto e fazendo as parcerias”, afirma.

O Ceará também contará, em 2020, com novos voos regionais para sete cidades do interior e litoral. Os novos voos da Gol, operados pela TwoFlex, aumentarão a movimentação turística em Jericoacoara e Canoa Quebrada. Outros destinos também devem despontar no interior, a exemplo das serras, com o turismo rural. Também são esperados novos investimentos em unidades hoteleiras.

Fonte: Diário do Nordeste

desenho-area-social

Maioria dos brasileiros prefere investimento em área social a segurança para combater violência, diz Datafolha

pescado-potiguar

Empresários chineses visitam o Rio Grande do Norte com interesse no pescado

carros-hibridos

Veículo híbrido entre carro e bicicleta pode ser alternativa de locomoção no futuro

O Bio-Hybrid foi lançado como uma nova forma de mobilidade urbana pessoal que reinventa a bicicleta elétrica. “Aproveitamos todas as vantagens de uma bicicleta e nos livramos de todas as desvantagens, como a instabilidade”, disse a Schaeffler, empresa responsável pelo projeto. O lançamento no mercado está previsto para 2020.

A Schaeffler é uma empresa alemã que está em processo de transição de um fornecedor automotivo e industrial para um desenvolvedor de soluções de mobilidade. A empresa descreveu o Bio-Hybrid como um carro baseado em uma bicicleta elétrica. Essencialmente, é uma bicicleta de quatro rodas protegida contra intempéries que pode ser alimentada por bateria ou pedal. Pode transportar uma ou duas pessoas. O Bio-Hybrid também vem em uma versão capaz de suportar cargas, com uma cabine embutida na parte traseira. É super estável nas quatro rodas e é estreito o suficiente para ser usado em ciclovias.

Especificações

O Bio-Hybrid possui dois motores de 250W e fornece suporte para até 25 km/h. A bateria de 48 V tem uma capacidade de 1,2 kWh, dando ao Bio-Hybrid a autonomia para percorrer 50 km. Uma segunda bateria semelhante é opcional para estender o alcance para 100 km. O Bio-Hybrid pesa 100 kg e tem uma largura de 794 mm.

Outros conceitos de mobilidade

O Bio-Hybrid não foi o único novo conceito de mobilidade que a Schaeffler apresentou. O segundo grande anúncio foi o lançamento de uma rede de mobilidade autônoma que usa ‘robocabs’. A empresa diz que o setor de logística será o primeiro a adotar totalmente veículos autônomos. A mudança de táxis e pessoas será a outra grande área. A ideia é ter uma frota de pequenos robocabs capazes de acomodar 4 adultos em pé ou sentados. As cabines de condução totalmente autônomas têm um chassi flexível para que possam ser transformadas de uma versão de passageiro para uma versão de carga/logística.

O terceiro maior anúncio da Schaeffler veio com o veículo-conceito 4ePerformance. Este carro de corrida mostra como a moderna tecnologia do automobilismo pode ser aplicada aos carros de produção. O veículo totalmente elétrico é alimentado por quatro motores de Fórmula E, com uma potência total de 880 kW (1.200 PS).

tunel-noruega

Engenheiros projetam túnel flutuante na Noruega

desenho-area-social

Maioria dos brasileiros prefere investimento em área social a segurança para combater violência, diz Datafolha

garrafa-pet-luz

Jovem utiliza garrafas PET para levar luz a comunidades carentes

O jovem Brasileiro Vitor Belota Gomes realizou um intercâmbio em Nairóbi, no Quênia, e nessa viagem percebeu que muitas casas e escolas não tinham energia elétrica, algumas salas eram tão escuras que as crianças não conseguiam ver as próprias mãos. Ao notar este problema, o jovem começou a pesquisar sobre soluções de iluminação de baixo custo, e conheceu o trabalho da ONG Liter of Light, que monta lâmpadas com garrafas PET.

A solução consiste em encher garrafas com água e alvejante, e após isso elas são colocadas nos telhados das casas ficando expostas à incidência dos raios solares que, pelo processo de refração da luz na água, conseguem iluminar o ambiente. Cada garrafa oferece a mesma quantidade de luz de uma lâmpada de 55 watts.

Depois de voltar do intercâmbio, Vitor decidiu levar essa técnica para todo Brasil. Por isso criou uma ONG, a Litro de Luz, que tem como principal objetivo o desenvolvimento de postes de PVC para iluminação das ruas. Segundo ele, no início foram encontradas dificuldades para convencer as pessoas a utilizarem as lâmpadas. “Diziam: ‘quem é esse playboy que quer subir no meu telhado e instalar uma garrafa?”. Mas ele não desistiu e hoje o sistema já foi instalado em comunidades do Rio de Janeiro, de São Paulo, Brasília e de Florianópolis.

O poste de PVC foi criado porque a maior reclamação dos moradores era a falta de iluminação nas ruas. Este poste é acoplado a uma placa fotovoltaica que carrega uma bateria com capacidade para armazenar até 32 horas de energia e acende pequenas lâmpadas de led dentro das garrafas.

A próxima cidade que vai receber o projeto de iluminação sustentável é Caapiranga, município de 12 mil habitantes no Amazonas. “Vamos entrar na Amazônia com um projeto de longo prazo. É a região mais carente de energia, onde muitos dependem de geradores a diesel que só funcionam algumas horas por dia”, disse Vitor.

HIPATIA

Fortes e Ousadas: conheça Hipátia

tunel-noruega

Engenheiros projetam túnel flutuante na Noruega

HIPATIA

Fortes e Ousadas: conheça Hipátia

“Reserve o seu direito de pensar. Mesmo pensar errado é melhor do que não pensar.” Hipátia (370 – 415) foi uma neoplatonista grega e filósofa do Egito Romano, a primeira mulher documentada como sendo matemática. Como chefe da escola platônica em Alexandria, também lecionou filosofia e astronomia.

Era filha de Téon de Alexandria, um renomado filósofo, astrônomo, matemático, autor de diversas obras e professor em Alexandria. Criada em um ambiente de ideias e filosofia, tinha uma forte ligação com o pai, que lhe transmitiu, além de conhecimentos, a forte paixão pela busca de respostas para o desconhecido. Diz-se que ela, sob tutela e orientação paternas, submetia-se a uma rigorosa disciplina física, para atingir o ideal helênico de ter a mente sã e um corpo são.

Alguns autores dizem que, quando adolescente, ela viajou para Atenas para completar a educação na Academia Neoplatônica, onde não demorou a se destacar. Ao retornar, já havia um emprego esperando por ela em Alexandria: seria professora na Academia onde fizera a maior parte dos estudos. Aos 30 anos já era diretora da Academia, sendo muitas as obras que escreveu nesse período.

Um dos seus alunos foi o notável filósofo e bispo Sinésio de Cirene, que lhe escrevia frequentemente, pedindo-lhe conselhos. Através destas cartas, sabemos que Hipátia desenvolveu alguns instrumentos usados na Física e na Astronomia, entre os quais o hidrômetro.

Conhecida por ser uma grande solucionadora de problemas, matemáticos confusos com algum problema em especial escreviam-lhe pedindo uma solução. E ela raramente os desapontava. Obcecada pelo processo de demonstração lógica, quando lhe perguntavam por que jamais se casara, respondia que já era casada com a verdade. Hipátia era famosa por sua beleza tanto que um de seus alunos se apaixonou por ela, mas nunca se casou.

Numa tarde de março de 415, quando regressava do Museu, Hipátia foi atacada em plena rua por uma multidão de cristãos enfurecidos. Ela foi arrastada pelas ruas da cidade até uma igreja, onde foi cruelmente torturada até a morte.

Tudo isto aconteceu pouco tempo depois de Orestes, prefeito da cidade, ter ordenado a execução de um monge cristão chamado Amónio, ato que enfureceu o bispo Cirilo e seus correligionários. Devido à influência política que Hipátia exercia sobre o prefeito, é bastante provável que os fiéis de Cirilo a tivessem escolhido como uma espécie de alvo de retaliação para vingar a morte do monge.

artesanato2

São Gonçalo possui um dos artesanatos mais diversificados do RN

garrafa-pet-luz

Jovem utiliza garrafas PET para levar luz a comunidades carentes

ar-condicionado-sem-eletriciade

Como inventores de Bangladesh estão fabricando ar condicionados usando garrafas plásticas

Quando o inventor Ashis Paul criou uma maneira inovadora de atrair o ar frio para as casas usando garrafas de plástico, toda a sua empresa se uniu para ajudar a ensinar as pessoas que moravam na zona rural de Bangladesh a fazer o mesmo. Desde fevereiro deste ano, eles ajudaram as pessoas a instalar essas unidades – que não precisam de eletricidade para funcionar – em mais de 25.000 residências situadas em áreas em desenvolvimento no país.

Jaiyyanul Huq, diretor criativo do Gray Group, a empresa de publicidade que liderou esse projeto social. diz: “Somos uma nação propensa a inundações. Por conta disso, na zona rural de Bangladesh, a maioria das pessoas constrói suas casas usando latão, em vez de lama. Cerca de 70% da população de Bangladesh vive nessas casas. O problema com essas cabanas de lata é que elas ficam insuportavelmente quentes no verão, especialmente no norte e no centro de Bangladesh. Estive nessas cabanas. É como estar em uma sauna no Saara. Um de nossos supervisores criativos, Ashis Paul, começou a pensar em maneiras de trazer alívio para essas pessoas. Ele estava revirando a mente quando, um dia, ouviu o tutor de física da filha explicando como o gás esfria quando se expande rapidamente. Ashis tem uma mentalidade de “inventor” e sempre foi fascinado pela ciência. Então, ele começou a experimentar. Ele nos contou sobre sua ideia de fazer um ar-condicionado com garrafas de plástico. A simplicidade do Eco-Cooler é incrível.”

Para fazer um Eco-Cooler, você corta garrafas de plástico ao meio e depois as monta em uma placa. Em seguida, coloca o quadro sobre uma janela, com os gargalos voltados para o interior da casa. A mudança de pressão que ocorre quando o ar entra na parte mais larga da garrafa e sai pelo gargalo esfria o ar.

Parece estranho, mas o princípio é simples. Sopre na mão com a boca aberta. O ar está quente, não é? Agora, sopre sua mão com os lábios contraídos. Parece uma brisa fresca. O Eco-Cooler é capaz de diminuir a temperatura em até 5 °C imediatamente. Quando passa de 30 °C a 25 °C, pode-se dizer que faz uma grande diferença.

O grupo Gray decidiu assumi-lo como um projeto pro bono. “Gostamos de retribuir – é essencial para a nossa empresa. Decidimos fabricar e distribuir essas unidades gratuitamente. As ruas aqui estão cheias de garrafas, então as matérias-primas são fáceis de encontrar.” Para distribuir os Eco-Coolers, a empresa se associsuà Grameen Intel Social Business Ltd, uma plataforma de negócios que atua em muitas aldeias de Bangladesh.

oninus-autonomo

Conheça o ônibus autônomo da Mercedes Benz

artesanato2

São Gonçalo possui um dos artesanatos mais diversificados do RN