Notícias

CAIXA anuncia pacote de medidas para o crédito imobiliário

A CAIXA anunciou, nesta quinta-feira (02), uma série de estímulos para o crédito imobiliário.  O pacote traz a inclusão dos custos com cartório e ITBI no valor do financiamento imobiliário. Essas despesas chegam a representar 5% do valor do imóvel, a depender da região. Além disso, o registro eletrônico de escrituras para contratos pessoa física de […]

A CAIXA anunciou, nesta quinta-feira (02), uma série de estímulos para o crédito imobiliário.  O pacote traz a inclusão dos custos com cartório e ITBI no valor do financiamento imobiliário. Essas despesas chegam a representar 5% do valor do imóvel, a depender da região.

Além disso, o registro eletrônico de escrituras para contratos pessoa física de empreendimentos financiados na Caixa permitirá acelerar o registro das operações. O que antes levava em torno de 45 dias agora poderá ser finalizado, em média, em 5 dias.

Custas Cartorárias e Despesas de ITBI:

Os clientes que pretendem comprar o seu imóvel com crédito na CAIXA podem agora contar com o financiamento das custas cartorárias e despesas de ITBI, para todas as operações residenciais com recursos do FGTS e, nas operações com recursos SBPE, para imóveis com valor de avaliação de até R$ 1,5 milhão.

O limite das custas financiáveis é de 5% sobre o valor financiado pelo cliente para operações contratadas com recursos SBPE e, com recursos do FGTS, o limite é de 4%. O valor total do contrato do cliente (valor relativo à compra do imóvel + financiamento das custas cartorárias e ITBI) deve estar dentro dos limites aprovados, observando-se sua capacidade de pagamento e o valor máximo permitido para o programa em que ele se enquadra.

Atualmente, essas despesas representam em torno de 2% a 5% do valor do imóvel e são pagas pelo próprio cliente nos trâmites de registro do contrato de financiamento habitacional. O percentual varia de acordo com os valores praticados nas diversas regiões do país.

Registro eletrônico de escrituras:

O registro eletrônico de escrituras para contratos pessoa física de empreendimentos financiados na CAIXA será realizado de forma eletrônica com troca de arquivos de dados estruturados entre o banco e o respectivo Cartório de Registro de Imóveis.

A medida permitirá acelerar o registro das operações, que antes levava em torno de 45 dias e agora poderá ser finalizado, em média, em 5 dias.

Fonte: CAIXA Econômica Federal

Você também pode gostar
Notícias
Como organizar finanças pessoais e realizar os seus sonhos?

Você sabe como organizar finanças pessoais para realizar seus sonhos? O bom gerenciamento dos recursos financeiros é fundamental, pois poderá proporcionar um melhor aproveitamento do dinheiro que você tem disponível, o que, consequentemente, vai te ajudar a alcançar seus objetivos. No entanto, por diferentes motivos, muitas pessoas não conseguem fazer a gestão das suas próprias […]

melhores-cidades-para-morar-no-ceará
Cidade Inteligente
4 melhores cidades para morar no Ceará com a família

O fato é que alguns municípios contribuíram para esse status cearense. Mas, quais seriam as melhores cidades para morar no Ceará? Conheça agora quais são!

segurança em casas
Uncategorized
Segurança em casas: confira como fazer uma avaliação correta

Para quem deseja comprar um imóvel, sem dúvida, a segurança em casas é um fator que não pode ficar de fora. Afinal de contas, morar em um ambiente seguro é fundamental para ter qualidade de vida e toda a tranquilidade necessária para viver bem com a família. Além disso, viver em um lugar seguro é um aspecto importante para manter […]

Descubra o viver além de morar.
Mande uma mensagem
Descubra o viver além de morar