Viva!Smart Itaquera

Chega em Itaquera o 1º Condomínio Clube Inteligente da Região

Repleto de tecnologia e em parceria com a empresa a Incorporadora CASA8 , a Planet Smart City lança neste mês de julho o primeiro condomínio clube inteligente de Itaquera.”

 

As cidades inteligentes, presentes no Ceará e no Rio Grande do Norte, levam moradias acessíveis e de alto padrão, além de soluções que facilitam o dia a dia. Esses projetos são horizontais e proporcionam uma vida mais calma, imersa no silêncio, porém bem próximo dos grandes centros urbanos. 

Mas o conceito de smart cities caberia também nas grandes metrópoles? A Planet Smart City, em parceria com a Inloop e a CASA8, leva para a capital paulista mais um projeto de moradias inteligentes.

Viva!Smart Itaquera – Moradias inteligentes em São Paulo

 

Da parceria exclusiva Planet e CASA8, nasceu a linha Viva!Smart, verticalizando o conceito de cidades inteligentes e moradias acessíveis que a Planet vem construindo no Nordeste brasileiro, além de outros países, como Itália, Estados Unidos e Índia. 

O Viva!Smart Itaquera é um projeto vertical lançado da Planet Smart City em São Paulo e conta com mais de 50 soluções smart desenvolvidas para atender a 4 grandes pilares: Pessoas, Tecnologia, Arquitetura e Meio Ambiente. 

São soluções tecnológicas que vão desde um aplicativo exclusivo e gratuito, o Planet App, que permite acessar as facilidades do condomínio e outros serviços, como coleta seletiva e reaproveitamento de água das chuvas, por exemplo.

Os moradores das cidades inteligentes e projetos verticais também têm acesso a um gestor social, profissional responsável por promover a interação e troca de experiências entre os moradores, ajudando a fortalecer o senso de pertencimento e comunidade, uma das propostas das cidades inteligentes inclusivas.

Alto padrão com valores acessíveis 

O Viva!Smart Itaquera oferece plantas de 39 e 41 m², 2 dormitórios, vaga de garagem e opção de varanda. 

Na área comum, são espaços pensados para conviver em segurança e harmonia. Com lazer completo, o condomínio conta com 2 piscinas, churrasqueira, área de eventos, quadra gramada, academia, horta urbana, brinquedoteca e muito mais!

Próximo de grandes vias de acesso, escolas e serviços, o Viva!Smart Itaquera fica na Rua Ioneji Matsubayashi, bem próximo ao seu estande de vendas na movimentada Av. Jacú Pêssego, 45.

Com o objetivo de reduzir o déficit habitacional e levar mais qualidade de vida para as mais diversas faixas de renda, o empreendimento faz parte do projeto de habitação social Casa Verde e Amarela, do Governo Federal. 

Com unidades a partir de R$ 189 mil, e renda familiar a partir de R$ 2.800, agora os moradores de Itaquera podem realizar o sonho da casa própria em um projeto com tecnologia de ponta, segurança e lazer completo.

Para nós da Planet é uma satisfação termos como parceria em São Paulo a Inloop e a CASA8. Estamos no terceiro empreendimento com eles e a pretensão é de expansão. Combinando design contemporâneo com uma ampla gama de serviços integrados, o Viva!Smart Itaquera possuirá soluções inteligentes em inovação social, tecnologia, meio ambiente e arquitetura, para proporcionar um estilo de vida mais dinâmico, conectado e participativo”, destaca Susanna Marchionni, CEO da Planet Smart City no Brasil.

 

Sobre a parceria

Após o sucesso de vendas do Viva!Smart Freguesia do Ó, a Planet Smart City chega na zona leste em seu segundo projeto Viva Smart em parceria com a Inloop.

A Planet Smart City é uma empresa proptech que projeta e constrói cidades e bairros inteligentes inclusivos, que fornecem mais do que apenas residências. 

Com presença global no mercado imobiliário a preços acessíveis, tanto em mercados emergentes quanto nos desenvolvidos, a Planet melhora a qualidade de vida de seus moradores, aplicando sua experiência em integração de soluções inteligentes, tecnologias digitais, serviços e inovação social. Seus bairros inteligentes, sustentáveis e socialmente inclusivos são apoiados pelos serviços do Planet App, uma plataforma digital própria que permite que os moradores interajam entre si e com o bairro ao seu redor. 

A proposta única da Planet se tornou realidade no Brasil, onde estão sendo construídos projetos horizontais – Smart City Laguna (CE), Smart City Natal (RN), Smart City Aquiraz (CE)  – e verticais na cidade de São Paulo, com mais de 2.500 apartamentos com o parceiro local InLoop com a marca Viva!Smart.

investimento-online-planet-smart-city

Investimento online | Descubra como fazer com segurança

como-fazer-cabeceira-de-cama-planet-smartcity

Como fazer cabeceira de cama | Confira ideias fáceis e baratas

Viva Smart Freguesia do O

Planet Smart City e Inloop lançam novo condomínio inteligente na capital de São Paulo

A Planet Smart City, líder global em cidades inteligentes inclusivas, e a Inloop, empresa com expertise no mercado imobiliário brasileiro, lançaram em São Paulo o seu segundo condomínio inteligente vertical: o Viva!Smart Freguesia do Ó, composto por 505 apartamentos de 1 ou 2 quartos, e com 50 soluções inteligentes integradas no condomínio. O estande de vendas é aberto ao público diariamente, das 9h às 20h, na Avenida Santa Marina, 2380, São Paulo.

 

Viva Smart Freguesia do O

 

Os moradores contarão com o suporte de um Gestor Social e terão acesso gratuito ao Planet App, plataforma digital desenvolvida pela Planet Smart City e que conectará residentes, oferecerá serviços e trará as principais notícias do condomínio e do bairro.

“Após o sucesso de vendas do Aquarela Bela Vista, que concluímos este ano, iremos apresentar um novo projeto vertical em São Paulo, desta vez no bairro da Freguesia do Ó. Combinando design contemporâneo com uma ampla gama de serviços integrados, o condomínio inteligente possuirá soluções inteligentes em inovação social, tecnologia, meio ambiente e arquitetura, para proporcionar um estilo de vida mais dinâmico, conectado e participativo”, destaca Susanna Marchionni, CEO no Brasil da Planet Smart City.

O condomínio inteligente vertical está localizado em um dos bairros mais tradicionais de São Paulo, predominantemente residencial e conhecido por manter uma atmosfera tranquila e pacata. A 200 metros da futura estação do metrô da Freguesia do Ó, o empreendimento também está próximo de shoppings, escolas, agências bancárias, farmácias, supermercados e academias.

Os apartamentos variam de 30 a 44 metros quadrados e são três modelos com 1 quarto, 2 quartos e 2 quartos com suíte. O lançamento aconteceu em dezembro de 2020 e a previsão é que o condomínio inteligente seja concluído em dezembro de 2023.

 

Soluções inteligentes

Selecionadas pelo Centro de Competência da Planet na Itália, as soluções inteligentes do Viva!Smart Freguesia do Ó incluem – além do Planet App e do Gestor Social – botão SOS, banco inteligente, espaço saúde e biblioteca de objetos.

Para o lazer dos moradores, serão criados espaço gourmet, troca de livros, quadro público de ideias, teoria do divertimento e áreas de churrasco, de eventos, fitness e de jogos educativos.

Já para incentivar práticas sustentáveis: compostagem comunitária, horta urbana, iluminação inteligente das áreas comuns, ilha de coleta seletiva de lixo e muito mais. Outras soluções inteligentes incluem bicicletário, área equipada para cães, espaço smartoffice, playground e banco smart.

 

Viva!Smart Freguesia do Ó

O Freguesia do Ó é o segundo condomínio inteligente vertical do projeto Viva!Smart, uma parceria da Planet Smart City com a Inloop. O primeiro empreendimento concluído foi o Aquarela Bela Vista, composto por 240 apartamentos, cinco unidades comerciais e 34 soluções inteligentes. Após o lançamento do Viva!Smart Freguesia do Ó, a previsão é que em 2021 sejam lançados novos condomínios nos bairros do Jabaquara e Itaquera.

 

Serviço:

Estande de vendas do Viva!Smart Freguesia do Ó
Endereço: Avenida Santa Marina, 2380, São Paulo
Atendimento: diariamente, das 9h às 20h
http://www.vivasmartfreguesia.com.br/

Cidades inteligentes estão localizadas em municípios que estão entre os maiores PIB do Ceará

Executivos da Planet Smart City são convidados para palestrar em conferência internacional da área econômica

CEO da Planet Brasil explica conceito de Cidade Inteligente Inclusiva em entrevista à Jangadeiro Band News FM

A  CEO Brasil da Planet Smart City Brasil – líder global em cidades inteligentes inclusivas – Susanna Marchionni concedeu ontem, 19/10/2020, entrevista para o programa Flash Imobiliário, da rádio Jangadeiro Band News FM, de Fortaleza-CE.

Na conversa, que durou mais de uma hora, Susanna explicou ao apresentador Ricardo Bezerra como funciona na prática o conceito de Cidade Inteligente Inclusiva, quais são os diferenciais dos projetos da Planet Smart City e também como é possível uma cidade oferecer infraestrutura de alto padrão e mais de 50 soluções inteligentes a preços acessíveis.

Você pode assistir a entrevista completa em nosso canal do youtube: Planet Smart City Brasil.

 

 

CAIXA anuncia novas medidas para o setor habitacional

Perto da Smart City Laguna, Porto do Pecém já recebeu mais de 30 bilhões de investimentos.

Multinacional deve gerar 2 mil empregos em instalação próxima à Smart City Laguna

gustavo-denegri-italia-coronavirus-covid-19-teste-anticorpos-vacina

Químico italiano e sócio da Planet anuncia novo teste para detectar anticorpos em recuperados do Covid-19

O químico italiano e controlador da empresa de biotecnologia DiaSorin, Gustavo Denegri, anunciou na última semana que irá lançar, até o final de abril, um novo teste sorológico de alto processamento que detecta anticorpos no sangue de pacientes já recuperados do novo coronavírus COVID-19.

Denegri também é um dos sócios da Planet Holding LTD., sede do grupo Planet Smart City, na Inglaterra.

Ao contrário dos testes de zaragatoa que determinam se alguém está atualmente com o vírus, os testes sorológicos são checados no sangue para identificar a presença de anticorpos do COVID-19. Um resultado positivo significa que a pessoa foi infectada anteriormente e pode ter desenvolvido imunidade ao vírus.

O grande diferencial do novo teste da DiaSorin é que ele promove uma gestão totalmente automatizada do processo de diagnóstico, permitindo que os laboratórios processem até 170 amostras de soro de pacientes por hora, com um nível mínimo de intervenção exigido pelos operadores de laboratório.

 

Leia também: Tecnologia da Planet Smart City é aliada em tempos de isolamento social

Gustavo Denegri afirmou que está trabalhando para obter autorização para o uso dos testes da Agência de Medicamentos e Alimentos dos EUA e da União Europeia.

O desenvolvimento de testes sorológicos baseados em anticorpos estimulou propostas na Itália para “liberar” uma parcela da sociedade, onde indivíduos com resultado positivo para anticorpos do COVID-19 poderiam deixar suas casas para trabalhar.

As autoridades regionais da Toscana e Veneto estão planejando começar a testar suas populações com testes sorológicos, com o objetivo de, eventualmente, emitir as chamadas “licenças de imunidade” para aqueles que testarem positivo para anticorpos.

Este não é o primeiro esforço do químico italiano Gustavo Denegri na luta contra o COVID-19. No início de março, a DiaSorin lançou um teste rápido do COVID-19 que reduziu o tempo do resultado de sete horas para apenas 60 minutos.

Fundada em 1968 em Saluggia, na Itália, a empresa também faz testes de diagnóstico para outras doenças infecciosas, incluindo o vírus zika e a gripe H1N1.

Fonte: Forbes

planet-smart-city-apartamentos-inteligentes-smart-india-pune

Planet Smart City lança apartamentos inteligentes na Índia

dia-da-terra-meio-ambiente

11 fatos sobre o Dia Internacional da Terra

tijolo-cimento

Construção civil: tijolos e cimentos que crescem e se reproduzem prometem revolucionar a indústria

Já imaginou um material sólido, perfeito para construção, que é capaz de crescer sozinho como recifes de corais? É basicamente assim que funcionam os tijolos do laboratório do cientista Wil Srubar, da Universidade do Colorado, nos Estados Unidos. Isso porque essas criações da biotecnologia não estão apenas vivas, mas em processo de reprodução, também.

Conhecidos como materiais vivos projetados (ELM), os tijolos são produzidos por bactérias e micróbios que convertem areia, nutrientes e outras matérias-primas em um biocimento, da mesma forma que os corais sintetizam recifes. Por isso, quando um dos tijolos é dividido ao meio, em questão seis horas, dois se formarão.

Com o ELM é possível construir materiais estruturais inertes, como cimento endurecido ou substitutos semelhantes à madeira, com aplicações para a construção civil, já que podem ser base de pistas de aeroportos, que se auto-constroem, e bandagens vivas.

A novidade do biocimento de Srubar é que essa invenção consegue reter as células vivas, mesmo na estrutura final. Isso é possível porque os cientistas controlam a temperatura e a umidade, mantendo esses organismos vivos. E quando quiserem estabilizar o crescimento, basta desativar esses controles, como explicado no artigo da Matter.

Leia também: Conheça o AIRPod, o carro ecológico movido a ar

Novo vs velho

Até então, os tijolos são feitos, normalmente, com argila, areia, cal e água, que são misturados, moldados e aquecidos em olarias a mais de 1000 °C, em um processo que consome muita energia e gera centenas de milhões de toneladas de emissões de carbono anualmente.

Em contrapartida, uma empresa da Carolina do Norte, nos EUA, chamada de bioMASON, foi uma das primeiras a explorar o uso de bactérias na fabricação desse material. Nesse caso, os micróbios é que convertiam nutrientes em carbonato de cálcio, que endurece a areia e a transforma em um material de construção resistente à temperatura ambiente.

“Você poderia cultivar uma pista temporária em algum lugar semeando bactérias na areia e gelatina?” pergunta Sarah Glaven, microbiologista e especialista em ELM do Laboratório de Pesquisa Naval dos EUA. Em junho de 2019, pesquisadores da Base da Força Aérea Wright-Patterson, em Ohio, criaram um protótipo como o questionado por ela, com 232 metros quadrados.

A esperança, explica Blake Bextine, que dirige um programa ELM para a Agência de Projetos de Pesquisa Avançada em Defesa dos EUA, é que, em vez de transportar toneladas de materiais para criar campos aéreos expedicionários, os engenheiros militares possam usar areia, cascalho e água locais e aplicar alguns “tambores” de bactérias — que produzem cimento — para criar novas pistas, em questão de dias. Esse movimento resultou em uma porção de grupos levando esse mesmo conceito adiante.

As informações são do Canaltech

Digitalização urbana com foco nas pessoas

Digitalização urbana com foco nas pessoas

conheca-a-peliicula-de-vidro-flexivel-que-produz-5-vezes-mais-energia-solar

Conheça o vidro flexível capaz de gerar energia limpa

Banco Central corta Selic para 4,25%

Banco Central corta Selic para 4,25%

O Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central decidiu nesta quarta-feira (5/2) cortar a Selic pela quinta vez seguida, desta vez em 0,25 ponto percentual, para 4,25%, a menor taxa básica de juros da história.

A questão agora fica para os próximos passos do Banco Central. No comunicado, a autoridade monetária indicou o fim do ciclo de redução de juros, afirmando que “vê como adequada a interrupção do processo de flexibilização monetária”.

“O Copom entende que o atual estágio do ciclo econômico recomenda cautela na condução da política monetária”, diz o texto. “O Comitê enfatiza que seus próximos passos continuarão dependendo da evolução da atividade econômica, do balanço de riscos e das projeções e expectativas de inflação, com peso crescente para o ano-calendário de 2021”, continua o BC.

Assim como na decisão anterior, o Comitê reforçou que o “processo de reformas e ajustes necessários na economia brasileira tem avançado”. “Perseverar nesse processo é essencial para permitir a consolidação da queda da taxa de juros estrutural e para a recuperação sustentável da economia”, diz o comunicado.

Fonte: Infomoney.

Cidades inteligentes no Ceará

Cidades inteligentes no Ceará

A força do voluntariado

A força do voluntariado

Parceiro Planet

Projetos Startups Israelitas no Brasil – The 3C Smart Cities Challenge

Depois de uma rigorosa seleção inicial, em 15 de março de 2016, doze empresas startups israelenses foram escolhidas para participar da última fase do concurso “The 3C Smart Cities Challenge”, que incluiu um evento hospedado no palco do Amazon Web Service no Pop-up Loft na Rua Lilienblum em Tel Aviv, Israel.

O concurso é uma iniciativa realizada em conjunto por três organizações líderes em suas áreas: os italianos Planet Idea e Social Fare (centro para inovação social) e a StarTAU de Isarel. O concurso foi lançado para desenvolver uma solução única capaz de ligar os três países – Brasil, Israel e Itália – convergindo em um compromisso comum para gerar inovação social e tecnológica.

Apoiado pela excelência comprovada de Israel como um centro de tecnologia e liderança high-tech, o concurso foi projetado com o objetivo de descobrir projetos startup e tecnologias inovadoras capazes de mudar o futuro da cidade inteligente de Croatá, próximo ao Pecém no Ceará – Brasil. As empresas selecionadas operam em diferentes áreas e formações, mas compartilham uma característica em comum de desenvolver tecnologias disruptivas a serem utilizadas na cidade inteligente do futuro. Em apenas 3 minutos eles foram capazes de apresentar suas soluções para um júri de profissionais de diferentes formações da StarTAU, PlanetIdea, SocialFare, Enerbrain,Tycolnnovation e Smart City da comunidade de Israel.

Planet Idea em acordo com a StarTAU e Tel Aviv University Entrepreneurship Center têm o prazer de anunciar os vencedores do concurso e os seus prêmios:

Primeiro Classificado:
Magos- www.magossystem.com

Startup inovador dedicado à concepção e construção de radares fixos (sem partes móveis) que estão revolucionando a segurança de cercas e fronteiras.
A equipe ganhou 3 bilhetes para o Brasil (Vôo e alojamento) + o equivalente a € 7.000 em dinheiro.

Segundo Classificado:
GreenIQ: – www.greeniq.co

A inovadora Smart Hub Garden, que controla a irrigação através de um tempo com base no planejamento atual e orçado, permitindo economizar mais de 50% da água consumida.

Terceiro Classificado:
Pixtier -­ www.pixtier.com

Plataforma em nuvem que fornece um serviço de mapeamento em 3D preciso, dinâmico e expansível que permite uma maior eficiência no planejamento e gestão da Smart City.

As três empresas serão contatadas nas próximas semanas para participar do projeto da 1ª Social Smart City do Brasil que a Planet está realizando em Croatá, perto de Fortaleza, no nordeste do país. Essas empresas terão a oportunidade de participar do projeto piloto da Smart City voltado para o programa de habitações sociais (Minha Casa, Minha Vida).

Conheça o empreendimento Laguna Residencial e os seus diferenciais como Smart City.

smart-city-blog

Evento em SP discutirá arquitetura inteligente, revitalização urbana e construções verdes no contexto de cidades inteligentes

Impressora 3D

Impressora 3D constrói casa de concreto em apenas 12 horas