Inovação

Cientistas criam enzima capaz de quebrar garrafas de plástico

Por acidente, cientistas criaram uma enzima mutante que quebra as garrafas de plástico. A inovação pode ajudar a resolver a crise global de poluição plástica, permitindo pela primeira vez a reciclagem total de garrafas. A descoberta de uma bactéria que evoluiu naturalmente para se tornar capaz de comer plástico, realizada em 2016 no Japão, foi […]
enzima-plastico-cientista
Cientistas criam enzima capaz de quebrar garrafas de plástico

Por acidente, cientistas criaram uma enzima mutante que quebra as garrafas de plástico. A inovação pode ajudar a resolver a crise global de poluição plástica, permitindo pela primeira vez a reciclagem total de garrafas. A descoberta de uma bactéria que evoluiu naturalmente para se tornar capaz de comer plástico, realizada em 2016 no Japão, foi o que serviu de estímulo para que os cientistas iniciassem as pesquisas.

A pesquisa aprimorou a enzima presente na bactéria para ver como ela evoluiu e os testes mostraram que eles foram capazes de tornar a molécula ainda melhor na quebra do plástico PET (tereftalato de polietileno) usado em garrafas de refrigerante. “O que realmente aconteceu foi que melhoramos a enzima, o que foi um choque”, disse o professor John McGeehan, da Universidade de Portsmouth, Reino Unido, que liderou a pesquisa. “É ótima e uma descoberta real.”

A enzima mutante leva alguns dias para começar a decompor o plástico – muito mais rápido do que os séculos nos oceanos. Os pesquisadores estão otimistas de que isso pode ser acelerado ainda mais e se tornar um processo viável em larga escala.

“O que esperamos fazer é usar essa enzima para transformar esse plástico em seus componentes originais, para que possamos literalmente reciclá-lo para que vire plástico de novo”, disse McGeehan. “Isso significa que não precisaremos desenterrar mais petróleo e, fundamentalmente, deve reduzir a quantidade de plástico no ambiente”. A nova enzima indica uma maneira de reciclar garrafas de plástico transparentes de volta para garrafas de plástico transparentes, o que poderia reduzir a necessidade de produzir novo plástico.

A estrutura da enzima parecia muito semelhante à desenvolvida por muitas bactérias para quebrar a cutina, um polímero natural usado como revestimento protetor pelas plantas. Mas quando a equipe manipulou a enzima para explorar essa conexão, eles acidentalmente melhoraram sua capacidade de comer PET.

Você também pode gostar
Sustentabilidade
Dia Mundial do Meio Ambiente: atividades para estimular reflexões serão realizadas virtualmente

O Dia Mundial do Meio Ambiente é comemorado dia 05 de junho, mas a data será celebrada durante toda a semana. A partir de hoje (1º de junho), serão realizadas várias atividades pelas redes sociais para estimular reflexões sobre o momento que estamos vivendo, destacar a interdependência entre a saúde humana e a saúde do […]

Inovação
Cientistas britânicos transformam água em hidrogênio utilizando energia solar

Já imaginou um combustível produzido por meio de água e energia solar? Uma equipe de cientistas da Universidade de Southampton, no Reino Unido, conseguiu esse feito. Eles utilizaram um método único capaz de transformar água em hidrogênio utilizando energia solar. O hidrogênio solar é um tipo de combustível limpo. A novidade pode ser uma potencial […]

Smart City Laguna
Veja dicas de como cultivar mudas de plantas em casa

Plantar é uma forma muito prática e econômica de valorizar sua residência. Afinal, um jardim bem cuidado rouba a cena em qualquer fachada ou quintal, não é mesmo? Sem falar que elas deixam o ambiente mais fresco, a casa mais colorida e ainda ajudam a aliviar o estresse do dia a dia. Veja abaixo 4 […]

Descubra o viver além de morar.
Mande uma mensagem
Descubra o viver além de morar