o que é iot

O que é IoT e o que isso tem a ver com sua rotina hoje

Você já ouviu falar ou se perguntou o que é IoT? Esse conceito, conhecido em português como Internet das Coisas, tem feito cada dia mais parte da nossa realidade e vem mudando a forma como lidamos com a tecnologia e os aparelhos comuns do nosso dia a dia. 

A forma como vivemos e trabalhamos vem mudando ao longo dos anos de mãos dadas com o avanço da tecnologia, e com dispositivos cada vez mais conectados, a Internet das Coisas ganhou espaço no mercado e deixou de ser uma ideia futurista para fazer parte da nossa vida (e podemos apostar que você já usa isso e talvez nem tenha percebido). 

Mas se você ainda está um pouco perdido, vamos começar do começo! Neste artigo, vamos explicar o que é IoT, e o que a internet das coisas tem a ver com a sua rotina hoje. Continue lendo para conferir. 

O que é IoT

A Internet das Coisas (IoT) é o processo de conectar os objetos físicos comuns do dia a dia à Internet, incluindo objetos domésticos tais como lâmpadas, eletrodomésticos, dispositivos médicos e acessórios como fechaduras, dispositivos smart e até mesmo cidades inteligentes.

Além dos smartphones, tablets e computadores, esses objetos do dia a dia, ao serem combinados com sistemas automatizados, ajudam a coletar informações em tempo real, analisá-las e criar ações de resposta conforme a necessidade do usuário.

Nesse caso, a Internet das Coisas funciona como uma expansão da conectividade. 

Como funciona a Internet das Coisas 

A IoT se refere a qualquer sistema presente em dispositivos físicos que recebam e transfiram dados por redes sem fio com pouca intervenção humana. 

Isso acontece por meio da integração de dispositivos de computação simples com os objetos mais comuns da rotina de uma casa. 

Por exemplo, lâmpadas inteligentes (ou seja, que faz uso de IoT), podem receber dados da sua localização do seu carro inteligente ou do seu smartphone no seu horário da volta do trabalho. Com essas informações, esses dispositivos conectados podem ajustar a iluminação quando você estiver chegando, sem a necessidade da sua intervenção.

Essa é uma das características de uma casa inteligente, com um sistema de IoT típico que recebe e analisa dados continuamente, em um ciclo de feedback. 

A internet das coisas e as casas inteligentes 

A internet das coisas veio para facilitar a instalação e o uso dos objetos inteligentes, além de deixá-los mais acessíveis para os usuários em termos de custos de infraestrutura. 

Além da praticidade e acessibilidade no uso dos dispositivos inteligentes, outra vantagem de ter a casa inteligente são o conforto e segurança que proporcionam. 

Por exemplo: imagine poder programar a sua cafeteira para passar o café na hora que você acorda, programar o termostato para regular a temperatura da casa quando você estiver voltando do trabalho, a fechadura da porta para abrir com reconhecimento facial ou ser controlada à distância, para que você abrir ou checar se estar trancada de onde estiver.

Outra característica (e vantagem) das casas inteligentes é a economia de recursos e energia. Com a possibilidade de controlar sistemas remotamente, o usuário só vai ligar aquilo que for necessário e na hora que quiser. Ou seja, a potência da geladeira, ligar as luzes, o ar-condicionado etc. 

Como a IoT impacta a vida das pessoas

Antes mesmo da popularização da Internet das Coisas, nossa vida já era impactada pelo uso das tecnologias e da internet. Com mais dispositivos conectados, o usuário vê agora a automação residencial, conectando dispositivos e controlando-os remotamente.

Hoje, com o avanço da IoT, novas ações tornaram-se possíveis, o que cria o conceito das casas inteligentes. Isso que dizer que, além do usuário poder controlar os dispositivos remotamente, a tecnologia também armazena dados na nuvem e os analisa, transformando essas informações em ações que podem trazer benefícios e melhorar a usabilidade dos dispositivos.

A exemplo disso, as câmeras inteligentes podem identificar situações e diferenciá-las, tornando o ambiente mais seguro. 

O uso de assistentes virtuais também é outro impacto notável do advento da IoT. Com o Google Assistente e a Alexa da Amazon, por exemplo, é possível realizar vários comandos a distância e a comunicação com vários dispositivos dentro de casa. Por exemplo, a sua geladeira pode enviar um lembrete com os itens que estão faltando para o seu celular ou as cortinas se ajustarem de acordo com a incidência de luz dentro da casa etc. 

Conheça os dispositivos mais comuns de uma casa inteligente

As casas inteligentes já não são mais a casas do futuro, pois já estão no radar dos brasileiros. Cada vez mais pessoas sabem o que é IoT e seu uso tem se tornado uma tendência no mercado de tecnologia. Veja abaixo alguns dos dispositivos mais procurados: 

Lâmpadas inteligentes

As lâmpadas inteligentes são controladas por aplicativos de celular que permitem criar cenários de iluminação de diferentes cores e intensidades. 

Também é possível programá-las para apagar e acender em horários pré-determinados e até mesmo à distância. 

Eletrodomésticos inteligentes

A máquina de lavar (roupa ou louça), sua cafeteira e até sua geladeira. Com dispositivos inteligentes, vários eletrodomésticos poderão ser programados e automatizados. Isso quer dizer que você pode acionar tudo pelo seu smartphone.

Controle de acesso

Fechaduras inteligentes podem ser controladas remotamente, permitindo que se tranque e destranque sua porta através do celular, além de autorizar a entrada de pessoas com segurança, apenas em dias e horários programados e tendo a possibilidade de visualizar sua entrada e saída. 

Fechaduras inteligentes destrancam com senha ou identificação biométrica, aumentando ainda mais a segurança.

 

Agora que você sabe mais sobre o que é IOT e como sua casa pode ser mais inteligente, aproveite para compartilhar este artigo nas suas redes sociais e ficar ligado nas próximas novidades! 

Caso queira saber mais sobre casas inteligentes e smart cities, entre em contato com a gente ou deixe um comentário! Até a próxima.

Banner inscreva-se youtube
construir-a-casa-propria-planet-smartcity

5 vantagens inegáveis de construir a casa própria no seu lote

comprar-casa-direto-com-o-proprietario-planet-smartcity

5 motivos para NÃO comprar casa direto com o proprietário