Senza categoria

Pecém encerra 3º trimestre com crescimento de 38% na movimentação

A consolidação da produção da Companhia Siderúrgica do Pecém (CSP) fez com que o Porto do Pecém mantivesse a ascensão dos resultados em 2017 e fechasse o terceiro trimestre com crescimento de 38% na movimentação ante igual intervalo do ano passado. Os granéis sólidos foram a carga mais relevante em toneladas no período de janeiro […]
Negocios
Negocios

Negocios

A consolidação da produção da Companhia Siderúrgica do Pecém (CSP) fez com que o Porto do Pecém mantivesse a ascensão dos resultados em 2017 e fechasse o terceiro trimestre com crescimento de 38% na movimentação ante igual intervalo do ano passado. Os granéis sólidos foram a carga mais relevante em toneladas no período de janeiro a setembro de 2017, responsável por 59% do total movimentado no porto cearense.

Entre os granéis sólidos, o destaque fica por conta da importação do carvão mineral, 3.73 milhões de toneladas no período, em grande parte (56%) importado da Colômbia e consumido pela CSP e pelas duas térmicas instaladas no Complexo Industrial e Portuário do Pecém (CIPP).

Ainda no segmento dos granéis sólidos, o minério de ferro ocupa a segunda posição, com 3.054.609 toneladas recebidas em 2017. O material tem origem no Maranhão (64%) e no Espirito Santo (36%) e é totalmente destinado à CSP.

As placas de aço, que estão na categoria das cargas gerais, em 2017 já tiveram exportadas 1.884.831 toneladas, a maioria (42,2%) com destino ao EUA, seguido da Turquia (14,7%) e da Coreia do Sul (11%).

A Cabotagem (navegação entre portos brasileiros) apresentou crescimento de 34,78%, enquanto a de Longo Curso (Exportação/Importação) também apresentou alta, de 22,75%.

Comparativo

Na comparação mês a mês do trimestre os resultados também foram de alta. O mês de agosto cresceu 6% em relação a julho e setembro cresceu 16% em relação a agosto deste ano. A movimentação acumulada de 2017 (11.659.593 toneladas) foi 62% acima do mesmo período correspondente de 2016 (7.178.303 t). Enquanto as importações cresceram 46%, as exportações subiram 153%, passando de 1.106.513t em 2016 para 2.801.288t em 2017.

Para o presidente da Cearáportos, Danilo Serpa, o bom momento é resultado de um esforço conjunto da equipe do complexo e do Governo do Estado. “Os profissionais que fazem o Porto do Pecém têm se empenhado com destaque em suas atividades, seja comercial, operacional ou administrativa para a obtenção desses resultados”, afirmou.

Fonte e foto: Diário do Nordeste

Você também pode gostar
Notícias
Como organizar finanças pessoais e realizar os seus sonhos?

Você sabe como organizar finanças pessoais para realizar seus sonhos? O bom gerenciamento dos recursos financeiros é fundamental, pois poderá proporcionar um melhor aproveitamento do dinheiro que você tem disponível, o que, consequentemente, vai te ajudar a alcançar seus objetivos. No entanto, por diferentes motivos, muitas pessoas não conseguem fazer a gestão das suas próprias […]

melhores-cidades-para-morar-no-ceará
Cidade Inteligente
4 melhores cidades para morar no Ceará com a família

O fato é que alguns municípios contribuíram para esse status cearense. Mas, quais seriam as melhores cidades para morar no Ceará? Conheça agora quais são!

segurança em casas
Uncategorized
Segurança em casas: confira como fazer uma avaliação correta

Para quem deseja comprar um imóvel, sem dúvida, a segurança em casas é um fator que não pode ficar de fora. Afinal de contas, morar em um ambiente seguro é fundamental para ter qualidade de vida e toda a tranquilidade necessária para viver bem com a família. Além disso, viver em um lugar seguro é um aspecto importante para manter […]

Descubra o viver além de morar.
Mande uma mensagem
Descubra o viver além de morar