Tecnologia

Segurança residencial: 3 dicas importantes para você adotar

Pensando na importância desse tema, neste conteúdo destacaremos a relevância da segurança residencial, falaremos sobre alguns dos equipamentos que ajudam nesse contexto e listaremos dicas que podem melhorar a segurança da sua casa. Continue com a gente!
segurança residencial

A segurança residencial é um tema importante para as famílias por diversos fatores. Garantindo a segurança em casa, é possível garantir tranquilidade e a certeza de que sua casa estará sempre protegida.

Pensando na importância desse tema, neste conteúdo destacaremos a relevância da segurança residencial, falaremos sobre alguns dos equipamentos que ajudam nesse contexto e listaremos dicas que podem melhorar a segurança da sua casa. Continue com a gente!

Qual a importância da segurança residencial?

Cuidar da segurança residencial vai muito além de se resguardar da criminalidade, problema presente principalmente nas grandes metrópoles.

Criar um ambiente mais tranquilo para sua família e um ambiente seguro para quem tem filhos, garantir a segurança do seu patrimônio e ter o controle do que acontece na sua residência, por exemplo, são questões ligadas à segurança residencial e que proporcionam mais qualidade de vida aos moradores.

Além disso, investir na segurança residencial proporciona mais conforto para os entes queridos e amigos, algo que influencia bastante na decisão de onde morar, por exemplo.

Quais os equipamentos que ajudam a manter a casa mais segura?

Com a tecnologia cada vez mais acessível, hoje é possível investir em equipamentos que ajudam a melhorar a segurança da sua residência. Entre eles os mais comuns são câmeras de segurança, fechadura inteligente, sistema de identificação biométrica e alguns dispositivos de casa inteligente.

Pelo Planet App, por exemplo, é possível controlar à distância alguns desses equipamentos eletrônicos, como câmeras de segurança interna, lâmpadas e até a hora que o comedouro do seu pet vai colocar comida para ele. Assim dá para passar o dia fora de casa sem se preocupar.

Outro fator que contribui com a segurança residencial está na forma como a cidade é pensada para seus moradores. Na cidades inteligentes inclusivas, por exemplo, onde tudo é pensado para o coletivo, o senso de pertencimento é algo que contribui para a segurança do local.

O pensamento é simples: quando algo é de todos, é mais fácil que a comunidade se una para cuidar. Nas smart cities, os cursos gratuitos são abertos para moradores e visitantes, sem muros para separar. Nesse aspecto, a inclusão e a capacitação atuam como ferramentas para reduzir o fator de risco de criminalidade, algo muito mais eficaz do que muros altos e cercas elétricas, algo que protege a casa, mas no longo prazo, não ajuda a criar uma cidade mais segura para todos.

Como melhorar a segurança da sua casa?

Preparamos algumas dicas que vão te ajudar a melhorar a segurança da sua residência e ficar muito mais tranquilo, confira as dicas!

1. Mapeie os pontos estratégicos da sua casa

O primeiro passo para melhorar a segurança da casa é mapear pontos estratégicos. São aqueles pontos de maior movimento de pessoas e onde podem acontecer acidentes. Confira também os pontos de entrada, como porta da frente, acesso lateral e escadas.

Feito isso, você pode tomar algumas medidas para evitar acidentes com crianças, onde guardar objetos de valor e controlar quem acessa a sua residência.

2. Tenha um seguro residencial

O seguro residencial também é uma ótima estratégia. Ao decidir contratar, é possível proteger o seu imóvel, de inúmeras situações indesejadas, como incêndios, acidentes, entre outros.

Embora essa não seja uma medida preventiva, traz mais tranquilidade para os moradores, que vão ter a garantia de não ter prejuízos em caso de imprevistos.

3. Utilize ferramentas tecnológicas

A utilização de ferramentas tecnológicas é outro investimento que vai ajudar a deixar sua casa mais segura.

Entre as mais utilizadas estão a utilização de fechaduras eletrônicas e acesso biométrico, para que você tenha mais controle de quem acessa sua casa; câmeras de segurança internas, que podem ser muito úteis para quem tem crianças pequenas e filhos que ficam sozinhos em casa em alguma parte do dia, por exemplo.

Como você pode perceber, a segurança residencial é um tema que vai muito além da violência nas cidades e está ligado à sua tranquilidade e conforto da sua família.

E se essas dicas de segurança residencial foram úteis para você, compartilhe este post nas redes sociais e permita que mais pessoas tenham conhecimento em relação ao tema.

Você também pode gostar
Uncategorized
Saiba como está o mercado de loteamento de terrenos no Brasil

De acordo com um estudo publicado em um artigo do portal de notícias R7, desde o início da pandemia da Covid-19, o mercado de loteamento de terrenos no Brasil está em crescimento. Entre as razões para essa tendência, podemos citar a procura por qualidade de vida, privacidade e um espaço maior para a família. Para […]

Inovação
Espaços compartilhados: entenda o que são e como usar

Neste artigo, entrevistaremos Anna Borba – gestora de desenvolvimento humano e social na Planet Smart City – que nos ajudará a entender melhor o conceito dos espaços compartilhados.

Investimentos
Investir em imóveis ou fundos imobiliários: qual é o ideal para você?

Destacaremos como funciona o investimento em imóveis e em fundos imobiliários, apresentaremos as principais diferenças entre eles e vamos ressaltar para qual perfil cada escolha é indicada. Continue com a gente.

Descubra o viver além de morar.
Mande uma mensagem
Descubra o viver além de morar