Porto do Pecém

Com 330m, MSC Shuba B é o maior navio a atracar no Porto do Pecém

O conteineiro MSC Shuba B atracou no terminal cearense no último sábado (29) para carregar frutas frescas produzidas no nordeste brasileiro que estão sendo exportadas para o norte da Europa.

Um gigante de 330 metros de comprimento por 48 metros de largura prendeu a atenção de quem esteve no Porto do Pecém na manhã do dia 29.

Procedente do porto de Salvador, o MSC Shuba B atracou no berço 10 do TMUT (Terminal de Múltiplas Utilidades) pouco depois das 11h30 da manhã para fazer história: se tornar o maior navio a já ter atracado no Pecém, desde que o porto cearense foi oficialmente inaugurado em março de 2002.

Com capacidade para 12.238 TEUs (unidade equivalente a um contêiner de 20 pés), o navio veio ao Ceará pela primeira vez para cumprir a rota do serviço NWC, operado pela MSC (Mediterranean Shipping Company) para conectar o Brasil ao norte da Europa.

Raio-X do MSC Shuba B

Bandeira: Portugal
Ano de Construção: 2017
Comprimento total (LOA): 330 metros
Largura (Boca): 48,2 metros
Capacidade: 12.238 TEUs
Tonelagem Bruta: 113112

A operação total do Shuba B no Pecém durou quase 24 horas, por isso o navio desatracou do porto cearense somente na madrugada do domingo (30) em direção, principalmente, a portos localizados no norte da Europa.

O primeiro deles será o porto de Roterdã, onde o navio deve chegar até o dia 10 do próximo mês. Do porto holandês o Shuba B cumprirá o restante do serviço NWC para os seguintes portos da Europa: Londres/Inglaterra (14 dias); Bremerhaven/Alemanha (16 dias); Hamburgo/Alemanha (18 dias); Antuérpia/Bélgica (20 dias); Le Havre/França (22 dias); e Sines/Portugal (25 dias).

Fonte e foto: Complexo Portuário do Pecém 

Planet Smart City é parceira de curso de ilustração digital para jovens de São Gonçalo do Amarante

casa verde e amarela

Entenda as diferenças entre o Minha Casa Minha vida e o Casa Verde e Amarela