Primeira família moradora da Smart City Natal

Primeiros moradores já usufruem dos diferenciais da Smart City Natal (RN)

Quem passa pela BR-406, em São Gonçalo do Amarante, nota a diferença na paisagem. No lugar onde havia apenas um canteiro de obras, já podem ser vistas as casas e a infraestrutura moderna da primeira cidade inteligente do Rio Grande do Norte.

O movimento na casa de número 244 permite outra constatação: a Smart City Natal já conta com os seus primeiros moradores.

O contador César Arcanjo e a sua esposa Elaine Pereira são os protagonistas dessa história. O sonho antigo da mudança de Brasília para o Nordeste, onde já desejavam fixar residência, foi enfim concretizado na última semana com um fato extra. Eles são os primeiros a preencher Smart City Natal como endereço residencial e já estão desfrutando plenamente do conceito inovador do empreendimento.

Natal já havia sido destino de férias do casal e com a pandemia e a mudança de alguns parentes para o RN, os dois ficaram ainda motivados a fixar residência no Estado. Faltava, porém, o lugar exato onde os dois formariam o novo lar. Felizmente, a internet ajudou a encontrar aquele que César chama de “grande achado da vida”.

“Eu comecei a procurar um local para a nossa morada, fiz várias buscas. Foi aí que encontrei a Smart City Natal. O conceito me impressionou de cara. Quanto mais eu lia e assistia a vídeos, mas ficava convencido. Tudo foi feito pela internet: descobrimos, analisamos e cá estamos”, conta ele, que destaca a infraestrutura e a segurança como os dois pontos que mais agradaram como primeiras impressões.

A mudança para a segunda cidade inteligente inclusiva do Brasil animou toda a família, é bem verdade. Prova disso é que logo após eles se instalarem, já começaram a receber visitas: a filha Thaís e os netos Ana Clara e Gianluca. “Tudo foi muito rápido, mas estou feliz de ver que eles estão bem instalados e felizes”, disse Thaís, que já marcou uma nova data para estar com os pais na nova morada.

 

Smart City Natal – Rio Grande do Norte

 

A Smart City Natal repete no Rio Grande do Norte o sucesso de um empreendimento semelhante no Ceará. O seu primeiro equipamento entregue foi o Hub de Inovação, que é o coração social da cidade e oferece biblioteca, cinema e cursos gratuitos. O intuito é que o lugar seja visto também como um parque tecnológico, capaz de atrair investimentos e gerar retornos econômicos para moradores e investidores.

A Planet Smart City está por trás desse conceito inovador e a CEO da empresa no Brasil, Susanna Marchionni, é quem o define: “Uma cidade que une soluções inteligentes e inovadoras e que é totalmente projetada para ser inclusiva, com ferramentas que incentivam a economia compartilhada, a exemplo de um aplicativo próprio – o Planet App, e um novo jeito de viver em comunidade”.

César e Elaine podem atestar as palavras de Susanna. Eles e seus vizinhos, que já começaram a chegar, protagonizam não somente o fato de serem os primeiros moradores da Smart City Natal, mas também de serem pioneiros no usufruto do conceito que está mudando a definição da palavra “moradia” no Brasil.

neve smart city laguna

Neve no Ceará? Atração de Natal da Smart City Laguna chama a atenção na internet

Forbes destaca planos e investimentos da Planet Smart City para 2021